sábado, 14 de janeiro de 2017

Projeto Arquétipos em ação VIII




Projeto Arquétipos em ação VIII


Ícaro


Dédalo chamou seu filho Ícaro e disse que tinha a solução para escaparem de Creta. Iriam construir asas e voar. Construíram as armações de madeira e colaram as penas com cera. Testaram e ficaram muito felizes pois voavam facilmente. Dédalo sempre dizia para o filho não chegar perto do Sol. Um dia Ícaro voou acima das nuvens maravilhado com a liberdade que desfrutava. Foi quando percebeu uma pena desprender-se da asa. Logo a cera começou a derreter e as penas foram caindo. Ícaro percebeu que não havia salvação e caiu no oceano. Seu pai o encontrou numa praia e o enterrou alí.


Quando desenvolvemos um novo projeto devemos analisar todas as variáveis do mesmo. Perder-se emocionalmente é comum, como aconteceu com Ícaro. Ficar inebriado e esquecer a prudência em relação ao que faz. Clareza de pensamento e visão de mundo realista é indispensável. Isso parece simples, mas a esperança ou desespero de achar uma solução impedem uma avaliação realista da situação. Enxergar o mundo como ele é. Joseph Campbell falava sobre a vida como ela é, o que praticamente dá no mesmo. Vejamos um exemplo: Napoleão quando entrou em Moscou em 1812 deveria ter recuado imediatamente, porém esperou semanas e isso foi fatal. Ele foi o maior general da sua época e mesmo assim não entendeu como era o inimigo. Não importa qual foi a razão, a questão é que a história do inimigo mostrava exatamente como ele iria reagir, mas para enxergar isso era preciso ver uma realidade nua e crua que normalmente não se quer ver. Estamos falando num caso em que se perdeu um exército de 500 mil soldados. Não era um projeto banal, mas um erro de avaliação foi o fim. 


Guardadas as devidas proporções quando se começa uma nova profissão ou negócio a questão é a mesma. A pessoa está insatisfeita na profissão e quer fazer outra coisa. Agora ela enxerga os problemas que está tendo na profissão atual, porém se isso fosse explicado antes ela não aceitaria ou acreditaria. Está fazendo a mesma coisa em relação a ideia sobre uma nova atividade. Enxerga tudo cor de rosa e está cheia de esperanças. Quando se explica os problemas da nova profissão ela não acredita. O mesmo erro será cometido novamente. É por isso que a história se repete, mas não da mesma maneira. 


É preciso controlar o ego para poder enxergar o que é preciso. A solução ou problemas estão óbvios, mas a pessoa insiste em não ver. E isso é por causa do sistema de crenças, pois a pessoa só vê o que concorda com o que acredita. Todas as informações que contrariam isso são descartadas. Por esta razão é preciso checar o sistema de crenças. Lembrar sempre que o mapa não é o território.

Hélio Couto


Direitos Autorais: Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados. Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores