terça-feira, 22 de novembro de 2016

História Revisitada I



História Revisitada I


Para entender o que acontece no presente é preciso estudar o passado. Lá está a raiz de tudo. Todos os problemas de hoje são consequência e continuidade do passado. Da mesma forma para acharmos as soluções dos problemas atuais é preciso analisar o passado. A história desde 6 mil anos está bem documentada. Somente sobre a Segunda Guerra Mundial existem mais de 25 mil livros. A origem desta guerra está milhares de anos atrás. Todos os problemas pessoais, sociais, etc. tem sua origem nesse passado distante e continuam até hoje porque não houve mudança de consciência. Somente quando tudo isso for elaborado conscientemente e integrado na consciência é que os resultados aparecerão.

Existe uma extensa bibliografia sobre isso. A indicação destes livros será postada aqui. Podemos começar com os seguintes:

“Átila”, William Napier, 3 volumes.

“O lobo das planícies”, Conn Iggulden.

“Os senhores do arco”, Conn Iggulden.

“Os ossos das colinas”, Conn Iggulden.

“Império da prata”, Conn Iggulden.

“Conquistador”, Conn Iggulden.

“Bárbaros – Roma no se destruyó en um solo día”, História.

“El lado oscuro de la democracia”, Michael Mann.

“Os escravos”, Tomislav R. Femenick.

“La guerra de Espartaco”, Barry Strauss.

“A guerra contra os fracos”, Edwin Black.

“Crimea, la primera gran guerra”, Orlando Figes.

“Sussurros”, Orlando Figes.

“Berlim 1945”, Antony Beevor.

“La guerra civil espanõla”, Antony Beevor.

Hélio Couto

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores