segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Budismo e Alquimia I



Budismo e Alquimia I

Os procedimentos de Alquimia levarão inevitavelmente à consciência de Buda. A natureza de Buda que está dentro de todos os seres. O Buda ensinou o tempo todo a soltar. Soltar é a única maneira do fluxo do universo seguir em frente. Qualquer pressão, força, resistência, ansiedade, pressa, levará a atrasar ou paralisar tudo. Existe uma ordem natural que não pode ser evitada, anulada, ignorada, etc. 

Pela primeira vez um experimento prova o Efeito Zenão da Mecânica Quântica. O artigo foi publicado na revista científica Physical Review Letters: 


Quando os átomos estão sendo observados eles não se movem. Em termos macro significa que quanto mais ansiedade colocamos menos resultado temos. Se não pararmos de pensar num objetivo causaremos um efeito Zenão. É preciso soltar o objetivo para que o universo possa providenciar a solução. E aceitarmos a solução do universo. Isto se aplica a tudo na vida e soltar é a essência da felicidade, sucesso, prosperidade, etc. Evidentemente que soltar é a coisa mais difícil que existe. O apego é uma coisa reptiliana de controle, manipulação, conquista, território, invasão, guerra, etc. O apego só traz sofrimento e soltar só traz alegria. Mas, isso não pode ser ensinado, tem de ser vivido. O que pode ser ensinado é o caminho que leva a esse conhecimento. Deixar a natureza de Buda assumir o ego. Então a felicidade pode ser alcançada. 

Toda vez que se força algo entra em ação a Calcinatio. A Calcinatio queimará o apego até que se solte tudo. A Solutio é uma Calcinatio pelo Amor. A pessoa solta por causa de tanto amor que recebe do Todo. Quando a pessoa percebe que o Amor do Todo é avassalador e literalmente soterra a pessoa de Amor, não existe outra coisa que não seja retribuir este Amor na medida da própria capacidade. O Amor do Todo aparece em toda situação, condição, de forma a levar a pessoa a reconhece-Lo.

Quando existe resistência a isso a Calcinatio continuará em ação pelos séculos e séculos até que a pessoa entenda e aceite como funciona o universo. Ou a Vida. Todos os demais procedimentos alquímicos estão na dependência desses dois. 

Sugiro a leitura do excelente livro “As montanhas de Buda”, de Javier Moro, para entender o Budismo Tibetano. Este livro é um perfeito exemplo da luta entre o desejo do mundo e a natureza de Buda.

Hélio Couto
www.alquimiaconsciencial.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores