domingo, 31 de julho de 2016

A cura da dor pela compreensão do maior



A cura da dor pela compreensão do maior

Muitas vezes a dor de um trauma fica por um tempo além do normal para que seja curada. A vitimação faz com que a pessoa não solte a dor e fique enredada num círculo vicioso por tempo demais. Mesmo quando uma Luz externa chega até a pessoa ela novamente se fecha após receber o benefício da cura. E tudo volta a ser como antes. Por um tempo muito longo sem necessidade.

A cura pode acontecer pela compreensão de que aquilo era para a pessoa dar um salto evolutivo. Não era para cair numa depressão sem fim. Não era para se sentir vítima. O entendimento de um plano imenso para a vida da pessoa em que cada evento faz parte da sua evolução é fundamental para a cura.

Soltar o passado, soltar o trauma, olhar para a frente e continuar avançando sempre. Se a pessoa entender que se tivesse soltado antes tudo seria diferente já é um grande avanço. O não soltar é que causa a dor, o sofrimento e tudo o mais que prejudica a pessoa. Tirar o foco do problema e pôr na solução. O tempo é infinito, mas pode ser desperdiçado se a vitimação não acabar nunca. Enquanto não houver o desapego o problema continuará aparecendo. 

Jacques Lacan disse algo assim: “O que é expulso do Simbólico retorna no Real.”. Se a pessoa entender que tudo que acontece na vida tem um conteúdo simbólico ela poderá avaliar tudo de forma diferente. Para o inconsciente tudo é simbólico. É a linguagem que ele entende e como se comunica com o consciente. Todos os sonhos são simbólicos e precisam de interpretação. A mesma coisa acontece com a vida prática diária. Toda a vida é simbólica também e precisa de interpretação. Desta forma a pessoa entenderia que o fato traumático é simbólico de algo maior que ela precisa entender para evoluir. O fato concreto é uma coisa e o simbólico é outra. Se a pessoa não aprende a lição ela volta até que seja aprendida. E isso não tem tempo para acontecer. Pode levar muito tempo para a pessoa entender a lição. As dívidas são feitas vez após vez. O desemprego aparece vez após vez. Não prospera. A doença aparece vez após vez. Quando está progredindo acontece algo e volta tudo como estava. E isso inúmeras vezes na vida da pessoa. Existe um padrão. Fala-se em auto sabotagem, mas é outro nome para não entender o "simbólico" da situação. Enquanto não entender a mensagem o fato se repetirá indefinidamente. Como já foi dito antes: desejar sair do emprego não significa que deve sair. Se soltar interiormente já terá aprendido a lição. Antes de fazer qualquer coisa prática é preciso avaliar o simbolismo do que está acontecendo. O que a pessoa ainda não aprendeu para que aquilo esteja acontecendo?

Hélio Couto
www.heliocouto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores