domingo, 22 de maio de 2016

Prosperidade e Alquimia VI





Prosperidade e Alquimia VI

Neste primeiro procedimento de calcinação a questão principal é a pessoa deixar-se calcinar. Sem isso nada poderá ser feito. Todos os demais procedimentos dependem desta primeira fase. E é preciso lembrar que a pessoa está recebendo Amor Incondicional. Se nesta fase a pessoa resistir o que acontecerá com as demais fases? 

Acontece que a pessoa está recebendo uma tal quantidade e qualidade de Amor que o ego sente que será calcinado e neste ponto ele resiste. Não há como o ego continuar sendo o mesmo com tal intensidade de amor entrando nele. Muitas pessoas sabotam neste ponto e voltam atrás na decisão de evoluir e crescer. Ou então ficam estagnadas nesse ponto travando uma luta surda com o Amor do Arquétipo Divino que procura a transmutação deste ego.

É muito comum a pessoa tomar atitudes ilógicas e prejudiciais a si mesma para fugir da calcinação. Notem que a pessoa não está sendo torturada nem sofrendo! Ela está recebendo Amor Incondicional de proporções imensas. Quando se ama não há meias medidas. O Amor é intenso e sobrepõe todas as outras considerações. O Amor tira a pessoa da zona de conforto da inatividade ou do ódio. E isso o ego não gosta de forma alguma.

A pessoa precisa deixar-se Amar. Receber Amor na quantidade e qualidade que o Arquétipo quiser dar. Parece uma coisa absurda que a pessoa recuse o Amor, mas é o que comumente acontece. Um pouco de Amor é aceitável, mas um Amor Incondicional desta magnitude abala os alicerces do paradigma da pessoa. Ela não aceita que exista tal coisa e nem quer receber isso. Por esta razão a pessoa precisa analisar muito bem o que quer fazer em termos de Individuação. Não é uma coisa banal. É uma coisa que consumirá tudo. A pessoa se transformará num canal de Amor Incondicional. Ela sentirá isso. E não dá para ser um canal incondicional sem passar pela calcinação. Não é uma questão intelectual ou mental. A pessoa será transformada para Amar Incondicionalmente. E isso muda tudo na vida. Ficará completamente fora do paradigma vigente. Por isso os alquimistas eram solitários e é um trabalho solitário. Só isso já afasta a maioria das pessoas. Mas, sem esses procedimentos a Grande Prosperidade é impossível. A Pequena Prosperidade é possível para qualquer ego. Isso é muito simples de fazer. Uma Prosperidade imensa em todas as áreas somente existe para aquele que deixou-se calcinar. Nesse ponto a pessoa terá a Prosperidade Divina, que cria mundos e universos. É assim que o mundo passa a ser uma representação de si mesmo. Na verdade, é uma representação do Self. Por isso é infinito. 

Portanto, é preciso uma longa analise do que se quer realmente para poder iniciar no caminho infinito da Alquimia. Não poderá haver busca de aprovação, zona de conforto, medo de se expor e todo o tipo de resistências que acontecem para aquele que está no caminho da individuação. Este caminho envolve inevitavelmente sentir o Amor Incondicional. E o que é Amor Incondicional? Este é um conceito que pode envolver muita distorção de entendimento. Amor Incondicional é a compaixão do Arquétipo Divino. Quando um ser esta individualizado o que ele sente por um chefe de campo de concentração, por exemplo? Ele só sente compaixão pelos erros que aquele ser está cometendo e acarretarão muito sofrimento para ele no futuro. Só há compaixão por ele. Sabe-se que ele está criando um karma horrível que terá de ser compensado no futuro de qualquer forma. O mesmo sentimento é aplicado em todas as situações em que alguém esteja agindo de forma errônea, contra o Amor do Arquétipo Divino. É bom que fique claro que não existe relativismo neste assunto. Normalmente se fala que o homem é a medida de todas as coisas. Isso não existe! Só existe o Amor do Todo. Essa é a única medida que existe. Portanto, justificar o mal dizendo que é cultural ou o costume de tal tribo é uma distorção flagrante do entendimento do Amor Divino. Só existe uma medida no universo: O Todo. Resumindo: amor incondicional é compaixão pelos demais seres. Qualquer outro entendimento ou aplicação deste conceito está fora do significado da expressão Amor Incondicional. E fica por conta e risco de quem faz aplicação errada deste conceito para justificar as próprias ações relativizando tudo. Fica no discernimento de cada pessoa avaliar o que está fazendo com este conceito.

A Alquimia veio para que se possa entender o Sol de Aton. Todos os procedimentos alquímicos que serão descritos aqui são única e exclusivamente para uso do bem. Jamais poderão ser usados para o mal. Isso ficará absolutamente claro à medida que formos explicando os demais procedimentos. O Sol de Aton é a Pedra Filosofal. Com o passar das postagens isso será entendido.

O trabalho de Individuação é um desenvolvimento contínuo nível após nível de elevação. Não é um único evento. É como um trem. A cada estação atinge um novo objetivo e isso continua indefinidamente. Não é um objetivo que acaba quando é atingido. Cada vez há mais individuação. Sempre há um novo nível a ser atingido. Quando ainda não há individuação o relacionamento entre o ego e o Self é como com uma coisa externa. Ainda não há a perfeita identificação entre um e outro. Com o tempo eles serão um só. Esse um só é o primeiro estágio da individuação. Nesse ponto o ego está fundido com o Self. Isso pode acontecer com a calcinação, embora a maioria não consiga fazer isso somente com a calcinação. Enquanto a individuação ainda não foi alcançada existe uma conversa interna contínua entre o ego e o Self. E nesta conversa o ego vai percebendo que não tem nada a perder e tudo a ganhar com a união com o Self. O Self vai calcinando o ego devagar e sempre. Também pode ocorrer uma tremenda calcinação se o ego permitir. Essa é a questão que está sempre presente. A permissão do ego para ser calcinado. Não existe limite para a calcinação. Cada caso é um caso. Se o ego deixar-se inundar de Amor Divino a calcinação pode ser praticamente instantânea. Como a consciência precisa de tempo para introjetar tudo o que vivencia, é preciso algum tempo para que ela possa elaborar os acontecimentos. Porém, o Amor Divino estará trabalhando nela sem parar. A calcinação é um fogo interno que queima sem nunca parar de queimar. Dissolve tudo que não é Amor e coloca em seu lugar um Sol dentro dos chakras. O Sol de Aton brilha dentro do chakra e a pessoa sente esse brilho e esse calor como um sentimento de amor por toda a criação, por todo o universo, por Aton incondicionalmente.

A união que havia no início de tudo volta a ser sentida. A unificação com o Self acontece. Apenas é preciso sentir que o Arquétipo Divino está dentro do seu coração, falando de uma forma poética. Na prática Ele está dentro de cada átomo, de cada quark, de cada bóson de Higgs, do seu ser. Isso é a realidade. Basta sentir isso e ver os resultados práticos na vida do ser. Para sentir é preciso voltar a consciência para dentro de si. Para o seu chakra cardíaco e saber que um Sol está lá dentro pulsando Amor. Experimente sentir isso cada vez mais. Sempre que faz uma meditação ou que pode pensar em si mesmo.

Hélio Couto
www.alquimiaconsciencial.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores