segunda-feira, 4 de abril de 2016

Trigésimo terceiro segredo da prosperidade



Trigésimo terceiro segredo da prosperidade

Cisnes Negros nascem naturalmente

Não funciona pensar que se pode parar e criar um Cisne Negro (Ideia Inovadora) à força. Criar quando se quer! Isso não existe! Uma ideia inovadora nasce sem fazer força. Forçar nunca funciona. Somente quando soltamos é que as ideias podem vir. Quanto mais força menor o resultado. É preciso deixar a mente desfocar do momento presente, das preocupações, para que possamos ter o resultado com o surgimento das ideias. Elas estão disponíveis o tempo todo, mas somente chegam no consciente quando deixamos. O consciente ocupado com outros pensamentos não deixa a ideia inovadora entrar no fluxo dos pensamentos. É como um rio. A ideia inovadora quer entrar no rio. Nós é que devemos deixa-la entrar suavemente. Ela nunca forçara a entrada.

A ideia inovadora vem da Realidade Última. Esta Realidade Última nunca força uma situação. Esta é uma verdade muito simples. Seguir o fluxo, adaptando-se às correntezas do rio, aos imprevistos, às curvas, corredeiras, cataratas, seguindo sempre suavemente em direção ao mar. Isto não significa não ter firmeza, nem opinião, nem determinação, nem posição, nem ser fraco, etc. Significa que sabemos a hora de ser de uma forma e a hora de ser de outra forma. Sabemos tirar partido dos Cisnes Negros sempre. Mesmo que seja um terremoto, um tsunami, uma guerra mundial, etc. Ter flexibilidade é como o bambu. Ele se verga, mas não quebra. Entender a diferença disso é o que se chama sabedoria. É quando um filho jovem quer fazer uma coisa e o pai de cabelos brancos explica o que é melhor fazer. Se o filho juntar a força e impulsividade com a sabedoria do pai terá um sucesso gigantesco. É exatamente isso que devemos fazer. Juntar a nossa vontade com a vontade da Realidade Última. Isso é navegar no fluxo. Isso é deixar as ideias virem e frutificarem.

Saber e entender o que é possível num determinado momento é sabedoria. Queremos uma coisa e com isso colapsamos a função de onda disso. A segunda parte é aceitar o que é possível naquele momento. Se tivermos essa sabedoria seremos felizes e receberemos centuplicado o que pedimos (colapsamos). É isso que se fala quando falamos que o ego precisa ter discernimento para separar o que é possível agora. E não forçar nunca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores