terça-feira, 8 de março de 2016

Vigésimo quarto segredo da prosperidade



Vigésimo quarto segredo da prosperidade

A grande transformação

Ser próspero envolve uma gigantesca transformação de consciência. A consciência cria a realidade da pessoa o tempo todo. Todas as escolhas que ela faz são fruto da consciência. Considerando consciência como o consciente, subconsciente e inconsciente. Todas as crenças estão embutidas aí. Todos os atos automáticos estão gravados e são repetidos inconscientemente. Se uma pessoa sai de carro e não prestar atenção no caminho fará sempre o mesmo sem nem mesmo pensar. Está no piloto automático. Isso é o subconsciente atuando. O hábito é o subconsciente. Mudar isso exige muita determinação, tempo e paciência.

A primeira coisa é parar de pensar em qualquer coisa negativa. Não se pode ter nenhum pensamento negativo durante o dia. Todos os pensamentos devem ser de prosperidade, alegria, realização, etc. Só coisas positivas. É possível ser assim? É. Isso exige esforço de cancelar os pensamentos negativos quando vierem. Pensamentos negativos são entropia psíquica. Tudo perde energia, tudo decai se não for posto energia e ordem. A mente tem de comandar sempre para que não haja entropia. Fazendo isso, cancelando todos os pensamentos negativos e pensando em outra coisa positiva logo isso vira um hábito. Hábitos são criados em 21 dias de repetição. Quando vier um pensamento negativo pensar: “cancelado”, “cancelado” e pensar em outra coisa. Até que isso vire um hábito e seja feito sem pensar. Tudo pode ser automatizado no subconsciente.

Quando a onda da informação atinge a energia da pessoa acontece uma interferência construtiva. O pico de uma onda colidiu com o pico de outra e a informação foi assimilada. Aí entra o ego em ação. A onda está transitando pelos microtúbulos das sinapses e o ego envia uma onda contrária para paralisar a assimilação. O ego tem poder absoluto nisso. Se a pessoa não quer mudar as crenças e informações não há o que fazer. É preciso esperar que a pessoa queira.

A prosperidade só pode acontecer respeitando-se as leis do universo. Da mesma forma que um avião só voa se respeitar as leis da aerodinâmica. O avião tem de ser feito desta forma ou não voa. É simples. Ou faz da forma que tem de ser feito ou não voa. A mesma coisa acontece com a prosperidade e tudo o mais na vida. A onda tenta entrar e a pessoa não deixa. Isso atrasa tudo.

Quais as crenças que se tem contra a prosperidade, crescimento, evolução, etc.? Todos os tabus, preconceitos, sentimentos negativos, crenças negativas, crenças limitantes, ódio, raiva, inveja, ciúmes, zona de conforto, etc. paralisam a onda que está entrando com as informações para ser próspero. Um cocriador consciente é alguém que atingiu o estado de Buda. É um ser que não tem mais ego no sentido de ter interesses pessoais. Uma pessoa assim só trabalha para ajudar a humanidade. Essa pessoa cria sem nenhum esforço porque não há nada que possa impedir a onda de trabalhar.

Só existe uma onda na realidade. Essa onda é o Todo. Tudo o mais está dentro desta onda. Esta onda é que porta a informação, que conduz e carrega a informação. Da mesma forma que a onda emitida pela antena da televisão carrega o programa que está sendo transmitido. Se a pessoa quiser assistir aquele programa terá de receber a onda da emissora X. Não há outro jeito. É a onda da emissora X que transporta o programa que a pessoa quer. Da mesma forma é a onda do Todo que transporta a informação de prosperidade, limpeza de crenças, novas crenças, novos hábitos, etc. Isso é um fato. Não há como fugir disto. É a única forma de fazer. A onda do Todo é a única coisa que existe. Não tem como usar uma onda de informação sem usar a onda do Todo. Isso foi detalhadamente explicado nas palestras e está no Tomo I e Tomo II e outros livros.

Então temos a seguinte situação: quando a onda do Todo que transporta tal informação chega no ego muitas vezes encontra resistência do ego. O ego não aceita o Todo. Aceitar o Todo significa mudar radicalmente para ser igual ao Todo o máximo possível. Igual totalmente é uma coisa que leva muito tempo, mas pelo menos um pouco é possível. Quando esse pouco á atingido a pessoa só tem amor incondicional. Esse é o sentimento dominante. Nada mais importa. O resto é só consequência. Tudo que existe de bom na vida e no universo é consequência de se chegar perto da frequência do Todo. Quando mais aceitamos a vontade do Todo e fizermos a vontade Dele mais cocriadores seremos e mais prósperos seremos e tudo o mais que existe de bom na vida. Todas as benesses que podemos receber vem do Todo. Isso deveria ser evidente por si mesmo. E não deveria haver dúvida alguma sobre isso.

O problema é o ego que não aceita se sujeitar ao Todo. Não existe opção nisso. Nosso livre arbítrio está dentro do Todo. A única realidade que existe é o Todo. Tudo o que existe é o Todo. É como Jonas dentro da baleia. Não há como fugir disto. Jonas tem de aceitar que está na total dependência da baleia, quer queira quer não queira. Simples questão de bom senso e humildade. Este é um fato. E este fato até hoje não foi aceito pela maioria da humanidade. O mundo seria completamente diferente se isso fosse aceito. Toda a economia mudaria num instante. John Nash já provou isso. Nobel de Economia de 1994. A única forma é a cooperação. Todos se ajudarem e todos viverem em paz, harmonia e prosperidade.

Agora vejamos. É preciso que não haja nenhuma resistência para que a totalidade da onda seja absorvida e a transformação aconteça. Isso não depende de meses e anos. Isso é instantâneo. Nano segundos. Ou a pessoa aceita ou não. A existência do Todo é evidente por si só. Basta estudar Mecânica Quântica e ver o que é o Vácuo Quântico. O infinito mar de energia que sustenta toda a realidade. Tudo que é matéria vem desta energia que se transforma em quarks através do Bóson de Higgs. A explicação deste fenômeno já foi dada em n postagens e palestras e está em todo livro de mecânica quântica. Se isso é aceito é outra história. Isso é um fato científico. Acontece que a física estuda o fenômeno e não estuda o significado do fenômeno. Isso ficou para filósofos, metafísicos, teólogos, etc. É por esta razão que isso não é aceito muitas vezes. Quando a ciência aceitar isso o mundo mudará. Nesse ponto não existirá mais a separação de ciência e espiritualidade. Será uma coisa só. Como é em todo planeta avançado do universo.

Portanto a coisa é simples. Ou a pessoa deixa a transformação acontecer e se tornar cada vez mais próxima do Todo ou fica muito difícil e demorada a transformação. A pergunta é: qual o problema em se transformar para ser o mais próximo possível do Todo? Qual a desvantagem? O que perco com isso? Porque fujo do Todo? Porque não posso fazer a vontade do Todo? Qual a minha concepção do Todo? Tenho medo do Todo? O Todo é amor ou não? Como o Todo se comporta? O que posso esperar Dele? Essas são as questões fundamentas da prosperidade e tudo o mais na vida. Sem isso ser resolvido a pessoa não aceitará a onda que está entrando e atrasará tudo. 

Toda a mitologia foi criada para resolver as questões acima para que qualquer tribo ou civilização pudesse progredir. Todo o trabalho de Campbell foi explicar isso exaustivamente. Qualquer mitologia serve se mostrar que o Todo é benevolente e sustenta o universo o tempo todo para que as criaturas sejam felizes. E que o Todo está dentro de todos os seres na Centelha Divina que habita em tudo. A Centelha Divina é o próprio Todo. Ele mesmo em todos os seres do universo. Isso é outro fato. A questão é que o universo é feito de leis feitas pelo Todo. Ou se aceita isso ou não se aceita. E isso tem tremendas consequências. Ou vivemos de acordo com essas leis ou não poderemos ser felizes. Se a pessoa amar ela será feliz, se odiar será infeliz. É simples. Toda ação negativa provoca uma carga negativa na pessoa, que terá de ser resolvida. Isso se chama karma. O débito que a pessoa criou para ela mesma. Nós criamos os problemas e podemos resolve-los. Toda vez que se faz o bem o karma é diminuído. Até não haver mais karma.

Tudo isso foi explicado n vezes nas centenas de palestras. Até o momento 69 delas estão gravadas. Não há falta de informação. A questão é aceitação ou não. Se a pessoa aceita o Todo e resolve seguir a regra simples de amar incondicionalmente a mudança acontece imediatamente. Nesse ponto não haverá mais mal. Nenhum pensamento negativo, nenhuma ação que prejudique, só trabalho para evoluir mais e mais. Vejamos um exemplo simples: algum preconceito de raça, cor, classe social, sexo, profissão, país, etc.? Qual a opinião sobre a violência doméstica contra as mulheres? Qual a opinião sobre a exploração do trabalho alheio? Se uma empresa corta o pão e o café com leite dos funcionários o que você acha? O que acha da exploração da prostituição? Do tráfico de adolescentes para servirem como prostitutas no ocidente, como acontece na Estrada E-55? O que acha de perder tempo em vez de estudar e trabalhar? O que acha de não fazer o máximo para progredir na vida em todos os sentidos? O que pensa sobre dinheiro? O que pensa sobre os que ganham dinheiro? Tem inveja? Faz pré-julgamentos sobre os demais? Critica sempre? Não ajuda os que precisam? Trata mal os funcionários? As domésticas? Não paga o salário digno? O que pensa das mulheres? E por aí vai.

Esta é a questão principal da prosperidade. Como ser próspero consistentemente tendo pensamentos negativos de qualquer espécie? É impossível. Ou nunca fica próspero ou dura pouco. Porque a auto sabotagem acontecerá inevitavelmente. Até que a pessoa aprenda a amar incondicionalmente. Amor é a essência do universo. Isso é um fato. Contrariar isso só traz problemas.

Em seguida temos o karma. Todo débito criado por nós tem de ser resolvido mais cedo ou mais tarde. Nesta vida ou em outras. Isso só pode ser feito fazendo o bem para adquirir créditos. É preciso fazer o bem o tempo todo o máximo possível. No limite da capacidade da pessoa. Quanto devo fazer de bem? O máximo que puder. Enquanto houver uma grama de energia ela deve ser empregada em fazer o bem e ajudar. De todas as formas possíveis e imagináveis. Cada um faz a sua parte dentro do seus conhecimentos e habilidades. Tem lugar para todos e todo trabalho é dignificante. Uma pessoa que ajuda a recolher os que sofrem no Astral, carregando a maca é tão digna quanto um brilhante físico que ajuda num hospital. Todos que tem consciência ajudam da forma que podem e continuam estudando para fazer melhor na próxima vez ou lá mesmo. Essa é a evolução contínua em direção ao Todo. O que poeticamente é falado como a volta para o Pai. A reunificação com o Todo de onde saímos. Quando isso acontece ninguém perde a individualidade nem o ego. Tudo isso é fundido com o Todo. Torna-se uma coisa só. Continua consciente e individual, mas a vontade está em fase com a vontade do Todo. E não há nenhum conflito nisso. Só a felicidade eterna e alegria eterna. E amor eterno.

Essas são as condições para ser um cocriador e ser próspero. Aceitar o Todo e deixar que Ele assuma a vida.

Em última instância o universo é um lugar simples. É complexo porque as infinitas possibilidades fazem com que seja, mas viver é uma coisa simples. Basta amar incondicionalmente que tudo se resolve. Nesse ponto a pessoa solta com facilidade. Lao Tsé explicou isso no Taoísmo. Soltar é a solução. Soltar o ego. Deixar o ego de lado. Fazer o que tem de ser feito. Heráclito explicou a mesma coisa e assim por diante. Não há falta de informação de filósofos e místicos. Todos os que veem o outro lado sabem disto. E todos que analisarem logicamente também chegarão na mesma conclusão pela vida prática. Ajudar aos demais faz com que fabriquemos endorfinas e isso nos deixa felizes e sadios.

Portanto, é preciso analisar quais as crenças que tenho que impedem a prosperidade em qualquer coisa. Pelo comportamento dá para saber quais as crenças. Se prefiro passear do que estudar o que diz minha atitude? Cada escolha é uma crença. Cada pensamento é uma filosofia de vida. E isso é que determina se tenho prosperidade ou não. Prosperidade sem criar karma. Senão isso terá de ser resolvido lá na frente e chegará uma hora que não será possível ser próspero a não ser que limpe o karma já adquirido. A carga vai ficando tão pesada que tem de ser resolvida e limpa. Não há necessidade de chegar nisso. Fazendo o bem não se cria karma e limpa-se o já existente.

A mudança sempre está acontecendo. A visão de mundo está mudando. Basta analisar a mudança que está acontecendo dentro de si. Nos pensamentos e atitudes. Sutilmente, mas acontece o tempo todo. Pode ser muito mais rápido, mas é preciso deixar o ego de lado o mais possível. Não por pressão para conseguir resultados. Quanto mais pressão se coloca menor o resultado. Nunca por ansiedade. Do tipo: tem que dar certo? Tem que vender de qualquer jeito? Isso é puro ego. É forçar as coisas a serem do jeito que se quer de qualquer maneira, independente da vontade do Todo. Como aquela pessoa que não ora para o Todo porque a vontade do Todo é diferente da dela!

Avaliando-se tudo isso constantemente e tendo a boa intenção de mudar a forma de ser para poder chegar ao Todo, os problemas se resolverão no devido tempo. Essa mudança interna é que fará as coisas acontecerem para o melhor de todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores