sábado, 16 de janeiro de 2016

O décimo segredo da prosperidade



O décimo segredo da prosperidade

Pensamento multidimensional

Recordando o nono segredo. Imagine que encontra numa porta de uma loja um espelho tão transparente que não se vê. A luz passa totalmente por ele. É invisível na prática. É como se ele não estivesse ali. Só a luz passa. Isso é ser transparente ao transcendente. Só a luz passa. Não há ego. Ou um cano em que 100% da água que entra sai da mesma forma que entrou. É canal perfeito para a água. Nenhuma interferência na água que entra. Um canal perfeito sem ego. O que Campbell disse foi que a felicidade é alcançada quando a pessoa se torna um canal do Transcendente. Isso é ser transparente ao transcendente. Não há nada ali que obstrua a ação do Transcendente. Nada que distorça. Não há interesses do ego para alterar a ação do Transcendente. Isso é o que se deve almejar o tempo todo. Seja nesta vida ou entre vidas.

Quanto ao décimo segredo. Este é muito difícil de desenvolver. Enxergar a realidade multidimensional é uma coisa relevada para segundo plano. A vida é um continuum em todas as dimensões. Nada está separado. Existe uma fina película entre as dimensões e todas estão no mesmo lugar. Todas as frequências estão no mesmo lugar. Não é preciso mudar o rádio de lugar para pegar outra rádio. Basta mudar a frequência. É a mesma coisa. Não é preciso sair do lugar para se estar numa dimensão benevolente ou numa com seres negativos. É só trocar a frequência dos pensamentos e sentimentos. É claro que produtos químicos também abrem essa porta. Tiram a trava do cérebro e passa a ver a outra dimensão. E aí verá exatamente a realidade. Se a pessoa não acredita em nada como poderá suportar ver a realidade? Como saberá o que fazer com ela? Como se comportará? E se a pessoa ainda está com sentimentos negativos, crenças negativas, etc. como irá viver vendo os negativos? Essa é a questão de abrir as portas da percepção! É preciso pensar muito antes de fazer isso. E se fizer isso o que fará com a informação que adquiriu? Agora viu a realidade e irá fazer o que? Quem enxerga a realidade das outras dimensões só tem uma alternativa: ajudar no limite da própria capacidade. Fazer a opção final. Aceitar a Realidade Última.

A questão é que para prosperar continuamente é preciso pensar de forma multidimensional. Considerar todas as variáveis. Por exemplo: todo negócio está em todas as dimensões. Como dizem os físicos: a matéria escura ou energia escura está na sua sala! Permeia todo o universo! No caso das dimensões é a mesma coisa. A empresa está em todas as dimensões. Portanto, sofre influência de todas as dimensões. Tanto negativas quanto positivas. Por isso é preciso avaliar qual é a influência destas dimensões no negócio ou na loja ou no emprego. Quando se avalia isso é o pensamento multidimensional funcionando. Olhando todas as variáveis mesmo. Não apenas as variáveis de mercado desta dimensão. O que se chama Inteligência de mercado. Esta é a parte racional desta dimensão. E o resto? Foi considerado quando o negócio está sendo projetado ou pensado?

Se uma pessoa não quer saber do lado espiritual ou dimensional é lógico que ela não considerará essas variáveis no negócio. E não considerar todas as variáveis é muito arriscado. Vira tentativa e erro. E depois não se sabe porque o negócio não deu certo. É evidente que existem os Cisnes Negros (eventos imprevisíveis), mas até que ponto esses Cisnes Negros não tem origem na outra dimensão? Isso nunca foi considerado. A influência das outras dimensões na Teoria do Caos. Então quando acontece o acaso fala-se que foi sorte ou azar. Sorte ou azar estão debaixo de um campo eletromagnético. O jogo de dados é muito mais complexo que isso. Negócios estão dentro de variáveis normais, mas que dependem de várias dimensões. Tudo que fazemos na vida está dependendo de várias dimensões. Desde ir no mercado fazer compras até declarar uma guerra. Nada escapa às influências das outras dimensões, porque tudo é uma coisa só. Já é tempo de que isso seja entendido. Milhares de anos atrás isso era o segredo dos segredos. Nesse ponto da história o véu já foi levantado um pouco. Já há muita informação disponível sobre isso. Basta querer saber e pesquisar. Nunca na história desta humanidade foi tão fácil saber o que acontece entre as dimensões e nas dimensões. Farta documentação já foi passada para os humanos vivos e desencarnados. Todos podem evoluir rapidamente se tiverem interesse em conhecer todos os lados envolvidos. Sem medo, sem tabus, sem preconceitos. Com espírito científico de investigação. “Conhecereis a verdade e ela vos libertará. ”. É preciso descerrar o véu para conhecer tudo.

Fazendo isso não haverá negócio que não dê certo. Pois será baseado em fundamentos reais. Sem ilusões, esperanças ou qualquer outro tipo de avaliação sem um estudado de viabilidade econômica, que considere todas as dimensões. A questão aqui é que é preciso limpar a energia para poder interagir conscientemente com outras dimensões. Caso contrário forçosamente terá de interagir com os negativos. Os negativos se recusam a aceitar a realidade do universo. Existe uma Realidade Última. O que Campbell falava que era: “a vida como ela é”. A coisa é simples. Existe a Realidade. Não há como fugir disto. Ou se aceita ou não. E isso tem tremendas consequências tanto de um lado como de outro. No lado positivo o resultado será a felicidade como Campbell a definia. Total e absoluta. Por isso ele falava para seguir a sua felicidade. Mas, era muito profundo o que ele falava. O conceito de felicidade que ele falava é muito além desta dimensão ou paradigma. Por isso ele falava dos mitos. Porque era a felicidade de viver em concordância com os mitos, com os Arquétipos. Vejamos um exemplo bem simples: algumas crianças estão brincando e uma delas dá a ideia de torturarem um animal. Qual a reação das outras? Fazer isso fará com que fiquem felizes? Estarão buscando a felicidade fazendo isso? Sentirão prazer fazendo isso? Destruindo uma vida que é fruto da vida da Realidade Última. Essa questão pode parecer irrelevante na vida adulta daquela pessoa, mas é fundamental. Nesse momento ela traçou o futuro. Existem n futuros prováveis. Eles se ramificam a cada decisão que tomamos. É uma linha do tempo com futuros prováveis. 

Seguir a própria felicidade é uma coisa que todas as células do corpo sentem. Por isso Campbell falava que se devia seguir com o corpo e a mente. É integral. Os dois tem de sentir essa felicidade integral. Por isso ela está além do paradigma normal. Esta felicidade é transcendente. Está em união com o Transcendente. Está além da dualidade. Além dos opostos. Está no nível da Transcendência Una, que emana tudo o que existe. Nesse ponto essa felicidade além da compreensão é a própria Alegria. O Universo é pura Alegria. Realização, crescimento, evolução, pesquisa, doação, estudo, trabalho, ajuda, colaboração, etc. são as consequências normais da opção pelo lado positivo da vida. Pela aceitação da vida como ela é.

Tudo isso é resultado do desenvolvimento de um pensamento ou raciocínio multidimensional.

Hélio Couto
www.prosperidadeeterna.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores