domingo, 16 de agosto de 2015

O poder da união amorosa



O poder da união amorosa

Cooperação e Colaboração
A Regra de Ouro foi pronunciada pelo Mestre Jesus a dois mil anos. Foi dada a fórmula mais simples e eficiente possível para a felicidade dos humanos. “Amai-vos uns aos outros”. É uma síntese perfeita de como se ter sucesso na vida e ser feliz.
Parece uma coisa utópica, mas não é. É extremamente prática. Imagine um vendedor que aplique está regra. Como ele tratará os clientes? Isso provocará fidelização ou não? Todo cliente que percebe que o vendedor tem interesse genuíno pelo bem-estar dele estará feliz em fazer negócios com o vendedor.
Um corretor de seguros conversando com uma possível cliente, soube que ela já havia feito um seguro com um banco. Mesmo assim ele se propôs ajudar a pessoa analisando a apólice que ela havia feito. Percebeu que a apólice não protegia corretamente a pessoa. Disse para ela: “Vou com você no banco ver isso para você”. O seguro já estava feito. Mesmo assim ele foi no banco falar com o gerente e mostrou onde a cliente estava perdendo direitos. O gerente falou que se tivesse que mexer na apólice os juros do empréstimo que ela fez subiriam. A cliente falou: “Quero desfazer a apólice mesmo assim”. E foi isso que fez. E fez seguro com o corretor que a ajudou. A questão é que o corretor fez isso sem nenhum interesse que não fosse ajudar a pessoa, pois ela já tinha fechado o negócio com o banco. Essa atitude de ajudar é que faz a diferença.
Quando um grupo de pessoas trabalham em conjunto de forma amorosa os resultados são espetaculares. John Nash provou isso cientificamente. E ganhou um Nobel.
Na história houveram alguns times de futebol em que os jogadores tinham essa filosofia de conjunto. E os resultados foram espantosos. Parece coisa sobre humana, mas é porque eles se amavam. E jogavam pelo conjunto. Não havia ego comandando. Só amor.
O Mestre também falou que se pedirem sua capa dá a túnica também. Se quiserem que ande uma milha ande duas. O que significa isso? Aikido é uma arte marcial que usa a energia do adversário contra ele mesmo. O fluxo de energia no universo é circular, elíptico ou espiral. A energia vai e volta sem parar. No aikido essa energia continua a circular e o adversário é desiquilibrado com a própria energia do ataque. Não há confronto. Deixa-se a energia circular. E esteticamente é linda a arte marcial. É exatamente o que está dito acima. Solta a túnica, ande mais. Não há oposição. A energia continua fluindo. E o resultado é magnífico.
No filme sobre a vida de Hannah Arendt há uma cena maravilhosa em que o editor é forçado a ligar para cobrar a entrega do livro no prazo. A forma com que ele faz isso é espetacular em sua sabedoria. E vejam a quantidade de livros que foram entregues!
Todos os problemas que existem neste planeta seriam solucionados como por um passe de mágica se houvesse união amorosa entre as pessoas. A união faz a força? Com certeza. Mas, sem amor não há solução verdadeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores