quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O campo dos sonhos

O Campo dos Sonhos
Extraordinário filme com Kevin Costner.
Dar. Doar. Ajudar.
Podemos ter inúmeros campos dos sonhos neste planeta. Em todo lugar pode ser criado ou construído um. E cada campo dos sonhos pode ser uma filial do Céu.
O que acontece no Céu? É um lugar onde todos se ajudam, onde o Amor Implícito da Centelha Divina pode ser expressado. Em todo lugar em que o Amor Incondicional é expressado é uma filial do Céu.
Também todo lugar onde o Amor Pessoal Incondicional é expressado também é uma filial do Céu.
A doação é um ato espontâneo do Amor Implícito do Todo. Este Amor também pode fluir através de inúmeras atitudes pessoais. Sempre que um ato de bondade é feito é uma expressão de Amor Incondicional do Todo. Onde não há ganho ou lucro almejado antes. O Todo nunca se deixa vencer em generosidade. Isto é literalmente impossível de acontecer. Porque? Quanto mais se dá mais aumenta a capacidade de receber. Quem dá expande sua consciência de doação. Essa expansão permite receber mais e assim o Todo pode dar mais para aquela pessoa. Somente dando mais é que poderemos receber mais. A questão é que isso só funciona se não houver nenhum interesse de ganho pessoal. Somente deve haver a doação por amor. E neste caso é um fluxo de Amor do Todo.
É evidente que o Todo não precisa de nenhum canal, mas o Todo é Amor Implícito e usa todas as oportunidades que aparecem para doar mais Amor. Seja Pessoal Incondicional ou somente Incondicional. Existe um tango com uma letra que diz mais ou menos o seguinte: “não quero saber o que fizeste, o que fazes ou o que farás. Conta comigo quando precisares de ajuda”. Está é uma letra linda que mostra como o Todo opera. O Todo sempre ajuda. Incondicionalmente. Apesar de tudo Ele dá mais uma oportunidade e ajuda na prática para que a oportunidade possa ser aceita. Isso não quer dizer que o Todo é um vovozinho benevolente. O Todo educa. O Todo nunca castiga. É muito diferente uma coisa da outra. Educa com amor.
Para entender tudo isso basta uma coisa. Olhar para dentro de si e ver se em algum momento da vida, sentiu amor ou teve um ato de bondade ou de compaixão por alguém. Seja um outro humano ou um animal. Se sentiu isso teve um vislumbre do Amor. E se uma criatura (uma unidade carbono) é capaz de sentir isso, tente imaginar o que o Todo sente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores