quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Crise na escola de Deep Space Nine



Crise na escola de Deep Space Nine

As autoridades de Bajor não admitem o currículo escolar da Federação. Não se pode ensinar física da Fenda Espacial (wormhole) para as crianças de Bajor.

Novas Regras de Aquisição

Para se ter sucesso em qualquer coisa na vida é preciso seguir algumas regras simples:
Fazer um planejamento de 30 anos. O planejamento deve sempre estar trinta anos à frente. Deve ser um planejamento detalhado ano a ano. Onde estaremos, o que conseguimos, o que devemos fazer, com datas e cronograma. Isso é necessário por causa da Causação Descendente (isso já foi explicado numa postagem anterior).
Descrever o que devemos estudar durante esses 30 anos. Quais os cursos que faremos.
Descrever o que devemos ler nestes 30 anos. Por assunto e livro. Uma biblioteca de 30 mil volumes deve ser suficiente para todos os assuntos possíveis. É o tamanho de uma biblioteca particular normal.
Estabelecer os horários de estudo e trabalho. Ninguém chega no sucesso sem investir muito tempo em estudo e trabalho. Isso deve ser a prioridade. Ou não se tem a automotivação para chegar no sucesso. Motivação externa não é suficiente. É preciso que haja um motivo interno suficientemente forte para que façamos o que tem de ser feito. Não é sacrifício o que estou falando. É fazer o que gostamos e que queremos fazer. Ninguém é obrigado a ter sucesso. O livre arbítrio é uma realidade. Cada um faz o que quer com o tempo que tem. Este é um planeta de livre arbítrio.
Trabalhar diligentemente. Não “enrolar” no trabalho. Fazer o máximo durante o horário de trabalho. Dar o melhor de si. Trabalho não é castigo. É oportunidade de crescimento e realização. Se for necessário mudar as crenças sobre trabalho.
Ler a “Mensagem para Garcia” (já explicada numa postagem anterior). Estudar atentamente o que diz a Mensagem. Pois é fundamental para o sucesso em qualquer emprego.
Ajudar os colegas de trabalho no que for possível. Sem se intrometer nas suas vidas, mas se for pedida ajuda, fazer o possível para ajudar. Sem que os demais percebam. Sua mão esquerda não precisa saber o que a direita faz. É óbvio que não se deve fazer nada de negativo contra os colegas: não difamar, não caluniar, não sabotar, não prejudicar, não fazer política contra ninguém, não falar mal do chefe, nem da empresa, não instigar mal-entendidos, não jogar um colega contra o outro, não espalhar boatos e rumores, etc.
Ajudar a manter um clima positivo no ambiente de trabalho. Não falar de coisas negativas. Ajudar a manter o lugar de trabalho como um lugar alegre e positivo. Fazer parte da solução e não dos problemas.
Nos estudos deve-se ir nas aulas nos horários das aulas. Não faltar nas aulas seja porque motivo for. Respeitar os professores. Prestar atenção na aula. (Não estou falando que se deve levantar quando o professor entra na sala, como era antigamente, mas se estamos lá para estudar devemos estudar.) Não atrapalhar os colegas que querem estudar. Ajudar aqueles que não entenderam a matéria e pedem ajuda.
Caso seja empresário deve-se estudar profundamente o ramo de negócios. Fazer estudo de viabilidade econômica sobre qualquer novo empreendimento que pretende fazer. Saber que um empresário trabalha o dobro dos empregados. Estar comprometido com o objetivo do seu negócio para dar o máximo de si. Saber que sem trabalho intensivo não se cria riqueza. Riqueza é produto do trabalho. Não existem atalhos para a riqueza. É preciso trabalhar muito.
Evidentemente que não se pode prejudicar os funcionários, clientes e fornecedores no trabalho. Isso é totalmente contraproducente e não funcionara no longo prazo. Não explorar os funcionários. Deve-se pagar um salário justo que permita que possam viver e evoluir. Escravidão sempre foi a solução que a humanidade encontrou em todas as épocas para resolver a questão da mais valia. Se a pessoa ficar com 100% da mais valia de outro ou outros, ela ficará milionária em pouco tempo. Isso só trará consequências negativas. Quem determina o salário dos funcionários é o empresário. Ele é que sabe da importância dos seus funcionários para o sucesso da empresa. Não se guiar pelos demais. Ter independência quanto a isso também. Pague o que acha que deve pagar. Seja generoso que o sucesso será maior ainda. (Mas, isto não pode ser uma tática. Deve ser sincero em pagar o que eles merecem.)
Dê oportunidade para todos os funcionários progredirem no máximo das suas capacidades. Quem não quiser progredir tem o direito de não aproveitar as oportunidades. Mas, devem cumprir com o que foi tratado. A descrição da função que exercem.
Não fazer dividas. Isso vale para as pessoas físicas e jurídicas. Todo endividamento tira a independência da empresa. Crescer com capital próprio. Pode demorar um pouco mais, mas é um crescimento sólido. Lembrar que capital atrai capital e que se pouparmos logo teremos o capital para desenvolver os negócios. Isso também vale para qualquer pessoa física.
Ter capital de giro próprio para as sazonalidades do negócio. Durante o ano é normal termos meses com mais faturamento e outros não. Isso faz parte de qualquer negócio. Da mesma forma que teremos anos também com oscilações. O universo funciona com ciclos. Estudar a Teoria do Caos e analisar como pode ser implementada nos negócios. Todo conhecimento é importante para os negócios.
Estar atento à evolução das tecnologias. Tudo muda a todo instante. Saber aproveitar as oportunidades e sair na frente. Enxergar oportunidade onde outros veem crise. Desenvolver produtos que não existem. Liderar. Seguir o fluxo do universo. Este fluxo já é extremamente rápido. Ninguém ficará com tédio se seguir o fluxo.
Não por ansiedade em hipótese alguma. Não por pressão interna para ter sucesso. Do tipo “tem de dar certo”, “agora vai”, “ou vai ou racha”, etc. Esse tipo de pressão explicita ou não, é totalmente contraproducente e paralisará o negócio. Quanto mais força se puser menos resultado se terá. Estudar o taoísmo nos negócios. Ação através da não-ação. Isto é, seguir o fluxo do universo. Atentar para isso: essa definição não é para ter preguiça ou não fazer nada. É para agir mais ainda. De forma inteligente.
Compreensão e ação. Compreender de que forma o universo funciona é indispensável. Como podemos atuar num sistema que desconhecemos? E agir é a palavra-chave. Falar não é suficiente. É preciso ação. Pôr em prática o que foi planejado.
Estudar tudo que for possível sobre autoconhecimento. Conhecer a si mesmo é fundamental. Precisamos saber os nossos pontos fortes e fracos. Nenhum empresário ou general pode viver de esperança. É preciso ter um plano B para todas as situações. Negócios são assuntos racionais. Aplicando a razão é impossível não ter sucesso. As emoções são extremamente importantes para ajudar a ter mais sucesso. Elas são a ferramenta da automotivação.  Use suas emoções para leva-lo adiante. Teste-se no máximo da sua capacidade. Você só sabe até onde pode chegar se tentar chegar lá.
Lembre-se que riscos são uma coisa e auto sabotagem outra. Não confundir uma coisa com outra. Tudo na vida envolve riscos. É o normal. O que é anormal é a pessoa criar condições para sua autodestruição. Para não ter sucesso conscientemente.
Viver frugalmente. De forma simples. Não gastar o dinheiro em coisas inúteis. Utilizar o dinheiro de forma eficiente é fundamental para o sucesso na vida. Por exemplo: ganhar 100 gastar 90 e poupar 10. Isso é apenas um exemplo.
Agora temos uma questão que é raramente abordada. O mundo dos negócios é para os fortes. O sofrimento é inevitável. Desilusões, decepções, traições, perdas, etc. são inevitáveis ao longo da vida. Isso tudo faz parte da vida. Por isso soltar é tão importante. Sem uma filosofia de soltar fica muito difícil uma pessoa suportar tudo isso. É preciso desapego para sofrer tudo isso e ir em frente. Essas simples regras normalmente levam muito tempo para serem assimiladas e integradas na personalidade da pessoa. Somente quando viraram parte da pessoa é que o sucesso é garantido.
Fazendo tudo isso da melhor forma possível o sucesso será inevitável. Lembrar sempre que o destino é a jornada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores