domingo, 12 de julho de 2015

Resistência ao crescimento XVII



Resistência ao crescimento XVII

Além da negação

Uma técnica inicial para superar a negação da realidade é se lembrar de alguma vez em que fez a diferença neste mundo. Não importa em que encarnação foi nem a quanto tempo foi. Pode ser na infância. Uma atitude que fez a diferença. Que fez o mundo melhor, que contribuiu, que ajudou, etc. Este mínimo esforço mental terá um enorme resultado no final. É uma onda positiva que vibra dentro da pessoa. Essa onda ressonará em todo o resto e outras virão em seguida.
Quando a negação foi superada começará a verdadeira aventura. Como diz na série Star Trek: “indo onde nenhum homem jamais esteve”. A fronteira final é o relacionamento com o Todo. Explorar esse sentimento é o máximo que se pode almejar na vida por toda a eternidade. E a profundidade deste sentimento só pode ser avaliada por cada um. O Tao não pode ser explicado, tem de ser vivenciado. Por cada ser do universo. E a profundidade disto não tem fim. É infinito em qualquer sentido e direção.
Quem é o Todo? Puro Amor Incondicional. Tão simples que é difícil acreditar. E de aceitar. Toda vez que se sente amor incondicional é o Todo sentindo. Amor incondicional não depende de nenhum fato externo, nem do que o outro fez, faz ou fará, não depende do outro ser um torturador, um serial killer, predador, etc., não importa o que é. Isso não quer dizer que se vá “passar a mão na cabeça” do torturador, nem deixar que abusem de nós. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Amar incondicionalmente é como o Todo ama. Nasce o sol para todos. Mas, cada um colhe o que plantou. As consequências são inevitáveis. Como se diz: “a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. E o Todo continuará amando o ser e ensinando sem parar para que o ser possa ser feliz. Portanto, todo predador de que tipo for colherá o que planta. Mais cedo ou mais tarde. Isso é irrelevante. A contabilidade é eterna. É sentindo amor que se pode relacionar com o Todo e explorar as nuances deste sentimento. O amor não tem limite nem fim. É um sentimento que se aprofunda sempre. Nunca se extingue. Sempre se renova. Infinitas variações e formas de expressão.
O Todo ensina o tempo todo, orienta, encoraja, enxuga as lágrimas, dá força e coragem, motiva a melhorarmos sem parar e evoluirmos no máximo da velocidade que consigamos. Respeitando sempre o livre arbítrio de cada um.
Um pequenino passo inicial é se lembrar desta vez em que fez uma diferença no mundo para melhor. Todos podem fazer isso. Não importa em que situação estejam. Uma simples lembrança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores