segunda-feira, 8 de junho de 2015

Resistência ao crescimento III




Resistência ao crescimento III


Quando se fala que conhecimento é poder é preciso esclarecer que somente muito conhecimento é poder. Conhecimento de todas as áreas e da ciência aberta e oculta. O fato de uma ciência não ser reconhecida não quer dizer que não seja ciência. Na idade média uma mulher que trabalhasse com fitoterapia era considerada bruxa e queimada na fogueira da Inquisição. Hoje acho que ninguém mais acredita que fitoterapia é bruxaria. O que mudou? A consciência do fato. Passou a ser ciência reconhecida. Quantos assuntos hoje em dia são considerados ocultos? Muitos e levará tempo até serem reconhecidos. Qual era o problema com a fitoterapia na Idade Média? O problema é que mexeria no status quo. E tudo que mexe no status quo (os interesses estabelecidos) não é aceito. Somente quando os interesses estabelecidos perdem poder é que um novo ramo da ciência é reconhecido.


Quando se fala que é preciso conhecimento em muitas áreas para se ter sucesso é fácil de entender o porquê. Imaginemos um cientista PHD, mas que não conhece nada da psicologia dos serial killer. Ele será vítima fácil de um seria killer. Pois não conhece como pensa o serial. Portanto, ele também teria de conhecer esse assunto para continuar vivo. É um exemplo radical, mas verdadeiro. Esse exemplo se estende a todas as áreas humanas. Por exemplo: nunca pensar que crédito é dinheiro. Crédito é dívida!


Todo assunto estudado profundamente (muito profundamente) leva à verdade. O prisma tem 7 cores. Uma das cores é a física, outra é a química, economia, sociologia, psicologia, etc. Qualquer destes assuntos levado às últimas consequências do estudo levará qualquer pessoa à verdade. Um cientista procura a verdade. Doa o que doer. Sem preconceito. O que o experimento mostrar deve ser aceito. Mesmo que vá contra tudo que ele já aprendeu ou que a sociedade pense. É por isso que um cientista pode perder o emprego facilmente. Basta ir atrás da verdade sem nunca se deter. O problema da resistência ao crescimento são as conveniências sociais, a manutenção do emprego, a pressão social e familiar, política, etc. 


Por exemplo: em qualquer centro espiritualista no planeta Terra de vez em quando é feita uma materialização e desmaterialização. Uma concha do mar aparece do nada em cima de uma mesa com a água do mar daquele momento. E também pode desaparecer. Essa concha foi tirada desta dimensão e transferida através do astral para a mesa e então materializada. A ciência terá um dia de estudar esses assuntos. No momento estamos como Niels Bohr disse: a física só estuda fenômenos. Não estuda a realidade última. Ciência é estudar tudo isso. Não pode haver limite de estudo para a ciência. Um dia chegaremos nisso, por enquanto é preciso manter essa questão em perspectiva sempre que se falar de assuntos ocultos.


E é preciso ter olhos para enxergar quando um assunto está sendo falado de outra forma ou com outro vocabulário. No seriado Star Trek A Nova Geração sempre é usado o termo subespaço para explicar que a nave está voando em velocidade de dobra ou que o teletransporte é feito no subespaço. O que estão dizendo? O que é o subespaço? É a próxima dimensão. A nave está voando fora da nossa dimensão. Ela abre um portal à frente e assim é possível viajar em velocidade de dobra até 9.9. Quando chega em 10.0 ela passa para outra dimensão acima. Normalmente, só viaja em velocidade de dobra, mas no seriado Voyager aconteceu de viajar acima de 9.9. O teletranspote é a mesma coisa. As moléculas são transformadas em informação e “viajam” na outra dimensão. Quando chega no endereço a informação é transformada em moléculas novamente da nossa dimensão. Isso é ficção cientifica, mas no astral é exatamente isso que acontece. Portanto, no seriado eles estão falando do astral, mas com outro nome. Na nossa dimensão podemos ver OVNIs voando a 40 mil km por hora pararem instantaneamente e mudarem de direção com a mesma velocidade. Como isso é possível? O OVNI abre um portal à sua frente e viaja na outra dimensão.


Outra coisa: porque um candelabro tem 7 braços? Porque são 7 os chakras principais no ser humano. Esse é um pequeno exemplo de como as coisas são feitas e não são explicadas.


Muito conhecimento pode levar ao poder absoluto? Sim. Muito conhecimento levará ao Absoluto. À fusão com Ele. Nesse ponto tem-se o poder absoluto, mas pensa-se e sente-se exatamente como o Absoluto pensa e sente.


No momento temos a ioga sendo proibida em pelo menos um país. Estamos lentamente voltando para a Idade Média. Porque praticar ioga é um conhecimento proibido para essas pessoas? Porque afetará o poder estabelecido. Todo autoconhecimento faz isso.


A limitação para aprender muito conhecimento é a metafísica. Depois de um tempo de estudo chegaremos no limite do conhecimento oficial. Em seguida vem a metafísica, que está além da física escolar. Nesse ponto a abstração do pensamento é muito grande e exige grandes saltos de consciência. Um ser que optou pelo mal não consegue ter esse grau de abstração e sem isso não há como ter o conhecimento superior da realidade. A própria escolha da pessoa limita o que ela pode aprender. Essa é a resistência ao crescimento.


A resistência ao crescimento normalmente é vencida pelo Caos. Sugiro o estudo da Teoria do Caos. James Gleick escreveu o livro “Caos”. O Caos acontece com o passar do tempo inevitavelmente. É só uma questão de tempo que aparecerão eventos caóticos que forçarão uma evolução. As pessoas que não resistem e que tem profundo conhecimento crescem com o caos. As demais sofrem. Portanto, se hoje uma pessoa está na zona de conforto total achando que já está com a vida ganha e não precisa estudar mais nada, ela terá uma surpresa no futuro. O Caos é inevitável e faz parte da estrutura do universo. É inerente ao universo.


Todos deveriam estudar o assunto Caos profundamente.

Hélio Couto


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores