sexta-feira, 8 de maio de 2015

O gato



O gato
A revista Super Interessante de número 346 de maio de 2015, traz o experimento feito pela cientista Gabriela Barreto Lemos, da Universidade de Viena.
O experimento consiste em emitir um laser e faze-lo passar através de um cristal, que o divide em dois fótons: vermelho e infravermelho. Os dois fótons estão entrelaçados. Existe uma in-formação que une os dois. Em seguida os fótons são dirigidos para um espelho que faz a separação dos dois. O fóton infravermelho segue um caminho que passa por encontrar uma cartolina com o desenho de um gato.  Em seguida esse fóton é descartado. O fóton vermelho seguiu outro caminho completamente distinto do infravermelho. Em direção a um espelho que mostra a imagem do gato! Este fóton vermelho nunca encontrou a imagem do gato no seu caminho. Quem fez isso foi o infravermelho, no entanto o vermelho mostra o gato. Toda a in-formação do infravermelho está no vermelho também, embora não haja troca de sinal entre eles. Isto é o entrelaçamento quântico. O que afeta um fóton afeta o outro imediatamente. Sem troca de sinal entre eles.
Como isso é possível?
Isto acontece porque no nível mais profundo da realidade, o nível que está antes de que o Bóson de Higgs “dê” massa para uma onda e passe a existir esse universo material em que todos vivem, existe uma única energia. Uma única onda. O Todo. O Todo é subjacente a tudo o que existe. Tudo emana Dele, tudo está dentro Dele. Pode-se dar o nome de nível subquântico, onde nada material existe ainda. O Oceano Primordial de Energia. Por isso não há troca de sinal entre os dois fótons. Eles fazem parte da mesma energia fundamental. Estão interligados. Entrelaçados. O que acontece com um acontece com o outro. Sem troca de sinal de informação. Instantâneo. Vamos dar um exemplo: um polvo tem 8 braços. Cada braço sente o que acontece com os demais, porque estão ligados no corpo do polvo. A mesma coisa acontece com os seus dedos ou qualquer outra parte do seu corpo. Todo seu corpo sente o que acontece em todo o resto do seu corpo. Como todos estão dentro do Todo, todos “sentem” o que acontece com todo o resto.
Este fato ainda não foi aceito pela humanidade. Quando isso acontecer todos os problemas estarão resolvidos. Estima-se que leve uns 500 anos para isso ser aceito pela ciência. Esse prazo pode ser diminuído caso as pessoas decidam aceitar o Todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores