sexta-feira, 13 de março de 2015

Consciência de prosperidade



Consciência de prosperidade
A questão entre ter riqueza ou ser próspero é fundamental. Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostrou que um percentual dos filhos de milionários perdera muito e passaram a serem ricos (apenas), os netos perderam mais e passaram a classe média. Muitos casos são assim. Porque a mente próspera era dos pais. Os filhos já não têm isso e vão gastando a fortuna e os netos já não tem mais muito o que gastar.
Receber uma herança ou ganhar na loteria é a mesma situação. Se a pessoa não tiver uma mente próspera não haverá mudança. É preciso ter consciência de prosperidade. Quando se tem isso pode-se perder a fortuna e ganha-se novamente. Por isso o que todos devem almejar e trabalhar para ter é uma consciência de prosperidade.
Muito milênio atrás a humanidade era composta de coletores/caçadores. Os humanos andavam pelo planeta caçando e alguns com rebanhos de cabras. Não existia nada fixo. Mudavam de acordo com a mudança do clima e se adaptavam continuamente. Pode-se dizer que eram prósperos. Tinham tudo de que precisavam para viver.
O tempo passou e a humanidade criou estruturas rígidas para viver. Quando fez isso engessou a evolução e passou a ter problemas para manter a riqueza. Deixou de ser próspera. Vejam a situação da humanidade hoje. Bilhões de pessoas vivem com menos de 2 dólares por dia. E a maioria absoluta tem problemas de dinheiro, dívidas, etc. E tem um paradigma que perpetua a situação.
Houve uma mudança de paradigma que criou o problema. Quando não se tem o que proteger anda-se solto pelo mundo. Pode-se soltar o mundo. Quando a riqueza cresceu para alguns tornou-se caso de vida e morte proteger essa riqueza. E ai começaram as guerras. Já que todos querem a riqueza alheia. Estamos nessa situação até hoje.
O ser humano que é prospero, que sabe que a riqueza é criada na própria mente não fica preocupado com a manutenção disto, porque sabe que pode ganhar tudo de novo. Vejam a vida de Napoleon Hill. Mesmo que os sócios roubassem ele ganhava tudo de novo, porque sabia como funciona a mente humana. Leiam seu livro “A lei do triunfo” do início do século XX. Um século depois a humanidade ainda não aprendeu o que ele descreve detalhadamente no livro. E a Mecânica Quântica apenas veio comprovar o que ele já tinha escrito antes de surgir a MQ.
O que cria a riqueza ou o que quer que seja? A mente. A consciência. Tudo que pensamos é criado. Então basta trabalhar para trazer o que já está criado no astral para a terceira dimensão. Esta dimensão é um espelho da dimensão acima que é a dimensão real. O que pensamos é criado no astral e depois vem para o mundo material. Leva um tempo dependendo da pessoa não sabotar o trabalho. Caso ela duvide, ela cancela o que fez. Cancela o colapso da função de onda. E volta tudo atrás. Caso reclame, fale de pobreza, tenha desespero, ansiedade, pense em coisas negativas, etc. anulará o que criou. Para manifestar é preciso ser constante. Aquele que é próspero cria e vai cuidar de outra coisa. Sabe que já está criado e aparecerá na hora certa. Sem pressa, sem pressão, sem ansiedade, sem desespero, sem dúvida. Por isso paciência é fundamental nisso. Sem paciência ninguém é próspero.
Existe um fluxo no universo. Esse fluxo é próspero. Basta entrar em fluxo com o universo que as coisas se resolverão no devido tempo. Quem manda é o Universo. Nunca esquecer disto.
Vejamos se fica claro.
Quando a pessoa tem uma fazenda com milhares de cabeças de gado ela tem riqueza. É algo concreto. A terra existe. Os bois existem. Não é uma questão de percepção. É algo real. O filme “E o vento levou” mostra isso. Quando se fala de riqueza no caso do planeta Terra sempre há uma questão de percepção. Quanto vale algo? Como se determina esse valor? Quem paga tal valor por tal coisa? A pessoa paga porque acha que aquilo vale tanto. É pura percepção. Não importa se é uma pessoa que acha isso ou se são milhões de pessoas. É o que se chama valor de mercado. Uma coisa só vale tanto se alguém pagar esse valor. Não adianta tentar vender algo por um valor acima da percepção dos demais. Só pagarão o que acham que vale. Pura percepção. E vocês sabem que percepção é algo totalmente subjetivo. Portanto a riqueza baseada na percepção dos demais está sujeita a desaparecer de um momento para outro.
Exemplo: No final do século XX houve uma queda na bolsa de valores. Num dia desaparecerem 500 bilhões de dólares. No início do dia existia aquele valor e no final do dia não existia mais. Para onde foi isso? No universo tudo se transforma. É uma lei de energia. Como algo desaparece? Desapareceu porque é algo que é pura percepção mental. Não é algo concreto como um boi. É só uma ideia, algo que acham que vale se todos acham que vale. O que é o mercado? É um conjunto de pessoas. A somatória da percepção de todas elas. É por isso que Adam Smith achava que existia “uma mão invisível” que coordenava o mercado. Esta mão não existe. A única forma que funciona é a cooperação, como John Nash demonstrou. Mas, isso é outra história.
Voltemos. Os bois não podem desaparecer. A percepção sim. Os bois só podem desaparecer se forem roubados. Essa possibilidade sempre existe. E é por isso que é preciso ser próspero. Caso roubem os bois conseguiremos outros. A prosperidade está na mente. Por isso segurança só existe dentro da nossa mente. Por isso o Mestre disse para guardar tesouros no Céu, onde não podem roubar. E como tudo que é criado no astral vem para a terceira dimensão, os tesouros que você guardar no Céu virão para a terceira dimensão. Mais cedo ou mais tarde. É por isso que quem é próspero pode perder tudo e ganha tudo de novo. Leiam o Livro de Jó e verão exatamente isso acontecer. Portanto, isso já é explicado para a humanidade a muito tempo.
As pessoas que estavam em Hiroxima no dia 6 de agosto de 1945 perderam tudo o que tinham. Começaram de novo e vejam o que é Hiroxima hoje.  Porque são prósperos. Criam tudo de novo. Quando se é próspero nem mesmo uma guerra pode destruir a nossa prosperidade. Podemos migrar para outros pais e continuaremos prósperos. Podem tomar tudo o que temos e continuaremos prósperos. Conhecimento nunca se perde. Esse é o maior legado que os pais podem deixar para os filhos. A melhor educação possível. Educação de prosperidade.
Sites oficiais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores