sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Unificação com a Centelha Divina



Unificação com a Centelha Divina

O que é estar unificado com a Centelha Divina?
É fazer a vontade do Todo sempre. É ser o Todo. É viver para o Todo. É ser do Todo. É fazer para o Todo.
Evidentemente que isso é o contrário do que quer o cérebro reptiliano (Complexo-R). O ego vê somente os seus próprios interesses. Em tudo. Tudo que diz respeito à manipulação, poder, território, ganância, etc. é da essência do ego reptiliano.
Para fazer a vontade do Todo é preciso ir contra todo o instinto. Contra todos os instintos. E isso não é fácil. Por isso a evolução leva tanto tempo. Pois, quanto mais a pessoa conhece, mais poder ela tem. E ela tem de colocar esse poder à disposição do Todo. Não pode usar o poder para seus interesses particulares. Na verdade quem está unificado não tem interesses particulares.
E a pessoa tem de estudar mais e ter mais conhecimento. E não pode usar esse conhecimento em benefício próprio. E deve estudar mais. É um evento circular. Um círculo vicioso, que na verdade é virtuoso. Ascendendo sem parar. Elevando a própria frequência sem parar. E só ajudando, trabalhando e estudando. Sem parar. Ad infinitum. O Todo é assim. Exatamente assim. Unificar é ficar exatamente igual ao Todo. Na mesma frequência.
Os místicos dizem: desaparecer no Todo. Fundir-se com o universo. São formas de falar a mesma coisa. A individualidade continua existindo, mas o ego desapareceu. Só existe o Todo. O corpo espiritual pode se fundir com a energia do Todo e voltar a ter forma. Mas, o Todo continua unificado naquele ser. O ser pode dissolver-se no Todo e voltar a ter forma imediatamente. Dependendo da vontade do ser unificado. Isso é ser a mesma coisa com o Todo. Não importa se tem forma ou não. A consciência individualizada permanece, mas ela é o Todo. São o mesmo.
Isso implica em abdicar completamente do ego. De buscar os interesses pessoais. É entregar-se totalmente ao Todo. Render-se ao Todo. E isso tudo tem de ser um sentimento real. Não pode ser tática, estratégia, política, negociação, etc. O Todo está dentro de tudo. O Todo é tudo o que existe. A parábola de Jonas e a baleia é um exemplo disto. Jonas ficou dentro da baleia por 3 dias. Nós estamos dentro do Todo da mesma forma. Como Jonas iria manipular a baleia? Como fazer negócio com a baleia?
Portanto, unificação é uma coisa simples de entender, mas muito difícil de fazer. Normalmente acontece depois de muito sofrimento. Mas, não precisa ser assim. Pode ser de livre e espontânea vontade. A qualquer tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores