segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dívidas IX



Dívidas IX

Já falamos que crédito é divida porque clientes me pediram que explicasse isso para as pessoas. Quando elas tomam crédito estão fazendo dívidas.
Agora é preciso explicar que manutenção é dívida.
Quando compramos um carro financiado temos dívida.
Quando compramos um apartamento financiado temos dívida.
Quando temos de pagar o condomínio do apartamento é divida.
Quando temos um seguro saúde é divida.
Quando cursamos uma faculdade paga é dívida.
Quando compramos qualquer coisa financiada é dívida.
Etc.
Isto não pode ser classificado como “manutenção” e termos a idéia de que “temos” de ganhar dinheiro de qualquer jeito, porque não fizemos dívidas; só temos a “manutenção” para pagar. E acreditar que “manutenção” não é dívida é um erro tremendo. E todo erro sai caro!
Todos os compromissos que nós criamos são dívidas. Nós CRIAMOS os compromissos que são dívidas. Ninguém é obrigado a comprar um apartamento que não pode pagar, nem um carro que não pode pagar  e assim por diante. É a pessoa que cria essas necessidades e depois põe uma pressão insuportável sobre Deus para que ele traga o dinheiro para pagar os compromissos que elas criaram.
E vocês sabem que toda vez que se põe pressão o resultado não acontece. Quanto maior  a pressão menor o resultado. Pressão interna, na nossa mente. Chama-se ansiedade isso. Não é preciso por pressão nos clientes, basta por pressão em si mesmo, com aqueles sentimentos de que tem de aparecer o cliente, tem de faturar, tem de melhorar, tem de ganhar mais ou a esperança de que as coisas melhorarão, mês que vem será melhor, agora a coisa vai, o carnaval já passou agora melhora e assim por diante. Esperanças, ilusões e pressões.
Todo empresário e profissional liberal sabe que não tem faturamento fixo, que não tem salário e por isso precisa administrar muito bem os compromissos que cria para pagar. É por isso que são poucos os empresários e autônomos. Porque essas pessoas têm de entender muito bem como funciona o universo para poderem continuar sendo empresários e autônomos. Um funcionário sabe que seu salário vem no final do mês e não põe pressão em cima do patrão. E o salário vem. Caso o funcionário pressionasse o patrão para saber se realmente ele pagará o salário no final do mês e fizesse isso todo dia, ele seria demitido para que o patrão pudesse trabalhar em paz e ganhar o dinheiro para pagar o salário dos funcionários. É a mesma coisa com o universo. Se pressionarmos o tempo todo não teremos os recursos porque o universo funciona exatamente como nossa mente funciona: eletromagnetismo. Tudo que pensamos e sentimos volta para nós. É atraído queiramos ou não. O que temos de fazer: pensar e sentir com confiança absoluta. Deus não é patrão. Deus ama. É totalmente diferente. Ele não precisa ser pressionado, nem cobrado. Antes que se peça Deus já sabe o que precisamos e já está providenciando. E Deus já pôs Ele mesmo dentro de todos para evitar que precise ser cobrado o tempo todo. Cada um tem a Centelha Divina dentro de si e é um co-criador. Portanto, um co-criador não precisa ficar pedindo, implorando ou pressionando. Um co-criador só agradece.
Quando Lao Tsé escreveu o Tao Te King ele quis explicar isso. Ação através da não-ação. Basta acompanhar o fluxo do universo. Ele não quis dizer que devemos ficar sem fazer nada e que tudo cairá do céu. Essa interpretação do Tao que muitos fazem é por conta e risco de quem faz. Não foi isso que ele disse. Existe um significado profundo no que ele disse. A não-ação é entregar-se nas mãos de Deus (para falar de um jeito ocidental) e trabalhar tudo que for possível. Fazer a nossa parte que o resto vem por acréscimo. Trabalhar o máximo possível. Estudar o máximo possível. Fazer tudo que for possível para progredir. A não-ação  é estar em fluxo com Deus. E como Deus age? Sem parar. Ele trabalha o tempo todo, mas com ordem. Vejam a velocidade de vibração de um átomo e terão uma idéia do quanto Deus trabalha. Portanto, o universo está em movimento intenso o tempo todo. Tudo vibra o tempo todo. Está claro que Deus já está como sempre esteve, trabalhando sem cessar? Ele não precisa ser cobrado nem pressionado para que paguemos a “manutenção”. Nós não devemos criar despesas que não podemos pagar e depois por a cobrança em cima de Deus. Prudência é uma coisa que todos devem ter antes de criar necessidades e manutenções.
O quanto a pessoa consegue administrar de ansiedade? Esse número é a chave do que a pessoa pode criar de necessidades e manutenções. Se a pessoa tem uma mente que pode administrar sem problemas uma dívida enorme então pode fazer a dívida. Mas se ficar preocupada com o pagamento então não pode fazer a divida. Se consegue viver em paz com um valor x de compromissos então não tem problema, mas se ficar tensa com esse valor então não pode. É por isso que existem empresários que fazem negócios de bilhões sem se estressar e outros que por uma migalha ficam desesperados para faturar e ai não faturam. Porque na hora que puser pressão não conseguirá faturar.
Portanto, se a pessoa consegue viver em paz e harmonia com um determinado valor de compromissos não há problema. Mas, se não consegue viver em paz e harmonia com isso, então não deve fazer dívidas que a impeçam de viver em paz e harmonia.

Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Um comentário:

Anônimo disse...

DVDs Prof. Hélio, Aula 02 - Investigando seu sistema de crenças - Curso Aplicações de Mecânica Quântica e Ondas de Informação Vol. 02 - "Cada um tem a Centelha Divina dentro de si e é um co-criador." Hélio Couto - Alma.

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores