sexta-feira, 14 de junho de 2013

Dinheiro III



Dinheiro III

A questão de como ganhar dinheiro é que é necessário ter certo conhecimento.
Um filme de época mostra dois milionários conversando. Um deles fala que ele terá o voto dos pobres. O outro pega o sino de chamar empregados e chama a cozinheira. Ela vem e pergunta o que ele deseja. Ele então pergunta a ela o que acha da lei X. Ela responde que não sabe do que ele está falando. Ele faz outra pergunta sobre uma proposta de lei. Ela responde que não entende o que ele está falando. E ela não entende nem o vocabulário que ele está usando. Em seguida ele manda que ela volte para a cozinha. Vira para o outro e diz: “Esse é o seu voto”.
Na Ásia existem muitas fábricas que produzem todos esses produtos cobiçados pelos ocidentais. Em uma dessas fábricas os funcionários ganham dois dólares por dia. Hoje o dólar está valendo 2,13 reais. O que dá 4,26 reais por dia e 127,80 por mês. Esses trabalhadores moram numa caixa de 3 x 3. Um caixote numa favela com esgoto a céu aberto. Comem arroz e água. Vejamos um exemplo nosso: um “quarto” numa favela de São Paulo custa entre 300 e 500 reais por mês. É uma favela urbana perto de estação de metrô.  Compare com o que ganha o trabalhador na Ásia e o quanto vale um “quarto” aqui. Se o daqui fosse viver com 127,80 reais por mês onde ele moraria? O que comeria?
Esta é a realidade nua e crua deste planeta. Existem mais de 1 bilhão de pessoas nessas condições. Não são moradores de rua e mendigos. São trabalhadores das fábricas que produzem o que se vende no ocidente.
Para se ganhar dinheiro é preciso ter conhecimento. Mas não é qualquer conhecimento. Primeiro é preciso entender a própria mente para saber como pensa o ser humano. Ganhar dinheiro implica em ganhar dinheiro no mercado. E mercado é um agrupamento de seres humanos. Um coletivo. É o que se chama psicologia prática. O que todo vendedor de sucesso conhece na palma da mão. Os que não conhecem tentam “empurrar” o produto para o cliente!
O conhecimento da mente implica em conhecer como funciona o universo. O sistema em que estamos inseridos. Quais são as leis cósmicas, físicas, químicas, sociais, econômicas, psicológicas, etc. em que vivemos. Sem ter conhecimento do entorno não há como ter sucesso e ganhar dinheiro. É evidente que a maioria absoluta não tem esse conhecimento. Faça as perguntas que o outro fez para a sua empregada doméstica e terá noção do tamanho do problema dela ou de quem quer melhorar esse planeta. Até hoje não consegui montar uma palestra para esse público específico. Pode vir uma ou outra, mas ter uma sala somente com esse público é muito difícil. E isso sem que elas pagassem pela palestra.
Vivemos numa matrix em que a maioria não tem a menor idéia de como funciona a sociedade na Terra. Não sabem nem o que teriam que estudar para melhorar. Na verdade nem sabem como é trágica a situação em que vivem. Não agem, só reagem. Quando as condições de vida mudam, elas reagem sem saber como reagir eficientemente, pois nem sabem o porque aquilo está acontecendo. Qual a filosofica que está por detrás daqueles acontecimentos, qual o planejamento que existe naquilo, qual a finalidade daquilo, qual a intenção, qual o resultado daquilo e assim por diante.
Portanto, conhecer a mente e o entorno implica em conhecer como é a realidade última. A física do universo. Conhecer a mecânica quântica. Como funcionam os átomos. Lembrem-se de que funcionários de shopping, meus clientes, nunca ouviram falar de átomos!
Em segundo lugar é preciso conhecer como funciona o mercado. Que produto ou serviço é necessário ou tem mercado. Essa visão de negócios é extremamente importante. É preciso ter uma visão clara da realidade. Enxergar a realidade nua e crua. E isso é percepção da realidade. O significado daquilo. Não é o que a pessoa vê. É o significado daquilo. Quantas decisões sobre abrir um negócio são feitas sem saber se há mercado para aquilo. O que se chama de Estudo de Viabilidade Econômica raramente é feito. Age-se na esperança, na ilusão, no “achometro”,  sem saber se dará certo ou não. Muitos anos atrás uma revista de economia lançou uma edição com o seguinte dizer na capa: “Nós criamos o mercado”. Algumas empresas afirmavam que elas criavam o mercado para os seus produtos. Veja a diferença entre criar o mercado e abrir um negócio na esperança de que dê certo!

Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Acredito que vale reforçar a orientação da última palestra - Ego e Felicidade - para assistir ao documentário "Trabalho Interno", aula. Alma

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores