sexta-feira, 1 de março de 2013

Relacionamentos Afetivos II



Relacionamentos Afetivos II

O site Hype Science traz a matéria “4 dicas para deixar de amar alguém”.

Neste artigo é falado que não há uma forma de se “desapaixonar” e que só o tempo resolve isso.
Há 19 anos venho explicando e mostrando que é possível parar esse sofrimento. Comentam no artigo que é preciso fazer exercício para gerar dopamina.
A paixão é uma fórmula química composta de dopamina, endorfinas, serotonina, oxitocina, etc. É um conjunto de neurotransmissores que numa proporção determinada gera a paixão. É um percentual de cada neurotransmissor que dá esse sentimento.
Se esse percentual de cada neurotransmissor for alterado a paixão desaparece. Não há necessidade de sofrer.
No DVD “Amar” explico como criar a paixão e como acabá-la.
Toda bioquímica é produto de como a pessoa pensa e sente. Isso é que faz com que o cérebro produza ou não os neurotransmissores. Isso tudo pode ser induzido e controlado. Criando e/ou descriando a paixão.
Não há necessidade de ficar sofrendo por uma paixão não correspondida.
No artigo falam sobre a possibilidade de surgir uma “pílula” para se desapaixonar. Sempre o raciocínio é de física clássica! Tem de ser uma pílula. Uma partícula. E é por isso que até hoje não encontraram a solução para isso.
A solução está na Mecânica Quântica. Este assunto, como todos os outros, tem de ser abordado com um paradigma quântico.

Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores