segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Testemunho I



Testemunho I

Um cliente enviou um e-mail com o texto abaixo:

Bom dia.

Quando a gente entende o eletromagnetismo, parece uma estupidez imensa ter qualquer coisa negativa emanando, ter qualquer crença limitante. Mas enquanto estávamos nas trevas da ignorância, esse conceito é no mínimo fantasioso. Incrível que o real paradigma abre todas as possibilidades, clareia tudo, livra, conforta e ainda assim tememos saltar do velho e conhecido mundo das coisas mecânicas e imutáveis.Pensamos que entendemos, que sabemos, que conhecemos mas e aí é que está o problema, falta um pouco mais de honestidade com a gente mesmo. Olhar para dentro de sí mesmo e constatar que não se entendeu é vergonhoso né então é melhor fingir que entendeu assim evito o choque, ego puro.
 Tudo é energia, tudo é informação. Parecia grego.Inconscientemente ou talvez não, sabemos onde isso vai dar, um imenso e negro abismo de coisas desconhecidas, que na verdade não tem nada de perigoso a não ser para o ego, aí sim saber do eletromagnetismo, efeito zenão é perturbador pois como se vai poder dominar, usar, aproveitar e também se apegar, que mérito teria o mais incauto ignorante ao bradar do alto de seu orgulho que não leva desaforo pra casa, que não perdoa, que não esquece? Tudo é consciência, outra informação que abala tudo pois o outro aquele gordinho que é piada, aquele velho jogado no asilo, o negro que se discrimina, o gay que se espanca, a mulher que se abusa e etc, nunca mais servirão para isso, nunca mais diversão a custa da dignidade dos outros, nunca mais se livrar de alguém como no caso dos velhinhos no asilo, fim da crueldade disfarçada de humor, de brincadeiras. Que sem graça pensa o ego. Mas Deus está lá longe né, e outra depois eu me arrependo e pronto tudo azul, quantas e quantas vezes já não ouvimos isso e é claro que essa informação é loucura pura e simplesmente mas, conforta e alivia quem não quer se responsabilizar por seus atos.
Eu me achava usado por Deus, num sentido negativo é claro, pois Ele ama histórias, Ele vive agregando informações, se expandindo e agora fica me usando pra que Ele viva as coisas e eu como fico? E a dor que eu passei? E as coisas boas que eu fiz Ele vai receber tudo assim? Um pensamento egoísta é claro que virou fumaça quando entendi que num belo momento me "desprendi" Dele e passei a co-existir e a colaborar com a expansão do Todo e ainda por cima ganhei a imensa dádiva de se ter auto-consciência e de Ser junto a Ele e agora lembrando como co-criar. Faço parte do Tudo-Que-Existe, eu sou o EU SOU, junto, o tempo todo. Pronto, fim do raciocínio estreito, expandiu, senti a diferença.
Apesar de que quase em todas as palestras ouvirmos isso, parece que quando entendemos a coisa descobrimos algo que não sabíamos, parece novidade, parece novo.

Que maravilha! Vidas e vidas fazendo besteira, nesta encarnação conheci a solução. Quanto mais eu tento entender a Ressonância mais ela apresenta um maravilhosa complexidade que estimula a conhecer ainda mais. O benefício é tão imenso que...cadê as palavras?? Meu vocabulário é pequeno pra dizer o tamanho disso, pra dizer quanto amor existe em tudo isso. E como o processo agora é irreversível cabe a nós sair cada vez mais da frente até que cheguemos ao ponto de não conseguir mais dormir sabendo que tem gente passando fome, pessoas na lama, crianças sendo sacrificadas, animais maltratados, e toda coisa ruim que por enquanto existe.

Só desabafando, agradecendo e caminhando...

Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores