terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Décimo oitavo dia depois de 21 de dezembro de 2012


Décimo oitavo dia depois de 21 de dezembro de 2012



Uma parte da humanidade acha que não aconteceu nada e que tudo era ficção e mitologia. Outra parte está decepcionada porque esperava o fim do mundo.


Não percebem que houve uma tremenda transformação que está em andamento. 


Para entender isso é preciso entender algumas coisas. 


Vamos primeiro pelo fim do mundo. É preciso definir o que é isso que esperavam. É a destruição do planeta? O fim desta civilização? Exatamente o que esperavam? 


Vejamos. Destruir um planeta é uma coisa muito difícil. Nem um enorme meteoro de 9 km como o que destruiu os dinossauros consegue isso. Portanto, o planeta Terra continua a existir. O fim desta civilização já é outra coisa. Os humanos conseguem fazer isso sem ajuda de ninguém. Numa próxima postagem falarei disto.


Portanto, destruir um planeta ou uma civilização é um processo difícil e lento.


Quanto aos que acham que não aconteceu nada é preciso entender um pouco de física e eletromagnetismo. Tudo que existe é energia e informação. Na famosa fórmula do Einstein, tudo é massa e energia. Se liberar a energia que tem na massa tem a bomba de Hiroshima, por exemplo. Isso é a força forte que está unindo os prótons e nêutrons no núcleo. A liberação desta força gera aquele calor. No caso do eletromagnetismo, outra força fundamental, é energia e informação. A parte da energia todo mundo conhece porque usa aparelhos elétricos e eletrônicos todo dia. A parte da informação ninguém usa nem sabe que existe. Alguns físicos sabem que existe a informação, mas não sabem usá-la. É nesse ponto que entra o dia 21 de dezembro de 2012. Uma nova informação entrou no campo eletromagnético do planeta. Isso mudou radicalmente a freqüência (Hertz) do planeta e quando se muda a freqüência de algo se muda a realidade daquilo. Em todos os sentidos e aspectos. Pouco a pouco, gota a gota. Lenta, mas sem parar nenhum segundo. Para mudar a realidade de uma sociedade é preciso apenas mudar a consciência dos seus habitantes. A consciência é uma freqüência. Todo pensamento e sentimento têm uma freqüência determinada. Quando essa freqüência é baixa temos todo tipo de negatividade em ação, problemas financeiros, de saúde, etc. Quando a freqüência é alta temos saúde, prosperidade, alegria, etc.. Pela situação da humanidade dá para vocês terem uma idéia de quanto é baixa a freqüência da humanidade atual. Estávamos indo para o fim desta civilização (o assunto de uma postagem futura). Para evitar isso era preciso mudar a freqüência do planeta inteiro. Isso foi feito no dia 21 de dezembro como previsto há muito tempo. Coincide com a troca de uma era astronômica. A precessão. Entrou uma nova informação e esta está sendo assimilada pouco a pouco pelos humanos do planeta todo. Está limpando a negatividade existente e acumulada nos milênios passados. Pela história da humanidade dá para ter uma idéia da quantidade de energia negativa acumulada (pense na Primeira Guerra Mundial, por exemplo). Limpar isso exige uma catarse (limpeza) tremenda. Isso tem de ser feito pouco a pouco, senão não agüentam. É por isso que levará tempo para limpar e algumas pessoas não percebem o que está acontecendo. Daqui a um tempo perceberão pelas reações das outras pessoas ou talvez de si mesma. Uma catarse é um processo libertador. É a melhor coisa que pode acontecer para uma pessoa ou civilização. Limpa tudo que é ruim e permite reiniciar a evolução. É claro que às vezes é bastante incômodo. Isso depende de como a pessoa aceita ou rejeita a catarse. Tente dar banho numa criança suja que não quer tomar banho!


A limpeza é inevitável porque este planeta e esta civilização continuarão. Os humanos têm de aprender a conviver em paz. Esse é o primeiro e elementar passo. Para que aprendam é preciso que vivenciem o que criam ou criaram. Caso contrário não aprenderiam nada e fariam tudo de novo. Portanto, algumas coisas incômodas acontecem para que aprendam. Tudo isso feito da maneira mais benevolente possível. Se a humanidade fosse deixada à própria sorte não sobraria ninguém vivo. É porque o Pai (O Todo) ama a todos, que a limpeza existe e da forma mais benevolente possível. Se não houver resistência da pessoa a limpeza passa logo e ela retoma o crescimento. Se houver resistência o processo pode ser doloroso. 


Daqui a uns meses ficará absolutamente claro que há uma catarse global em andamento. E isso é garantia de um futuro feliz para a humanidade.


Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores