domingo, 4 de novembro de 2012

A Árvore da Vida

A Árvore da Vida

Imaginemos uma árvore gigantesca com profundas raízes enterradas no solo. Tronco imenso e uma copa frondosa, que nem dá para ver o final dela. Flores e frutos na copa.
Olhando para as profundas raízes vemos labirintos com seres trabalhando incessantemente para o controle, poder e manipulação. Estão tão imersos nessa atividade que nem percebem, que estão dentro das raízes desta árvore. A percepção da realidade destes seres está completamente comprometida pela sua visão de mundo, na qual eles só estão interessados em servir a si mesmos. É puro ego auto-centrado. Nestes labirintos, alguns são manipuladores e outros são manipulados.
Com ajuda externa, aos poucos alguns seres saem do labirinto das raízes e vem para fora. Emergem do solo e começam a subir pelo tronco. Esses seres foram libertos da escravidão ou auto-escravidão em que estavam. Sua percepção da realidade mudou. Expandiram sua consciência quando viram a árvore. Então começam um longo caminho de ascensão pelo tronco. O tronco é imenso e é preciso um grande esforço pessoal, passo a passo para subir por ele. Recebem ajuda, mas devem fazer todo o esforço pessoal que podem. Não há como levá-los para cima sem que se esforcem. A forma de poderem subir é a consciência que têm do tronco. Cada nível do tronco é uma realidade diferente, um nível de consciência diferente, uma freqüência diferente. Se fossem levados para cima e colocados em outro nível do tronco, imediatamente escorregariam para baixo novamente, até voltarem ao nível que estavam. É a consciência da realidade que faz com que subam ou desçam. Desta forma podem ficar estagnados por muito tempo num ponto do tronco, caso não queiram expandir sua consciência da realidade.
Com o passar do tempo tudo que acontece com a árvore, que está viva, força que saiam do lugar que estão no tronco. Ou sobem ou descem. Mais cedo ou mais tarde a maioria sobe. Um dia chegam ao começo da copa da árvore e lá encontram alguns frutos e flores. A copa é gigantesca e tem inúmeros níveis de realidades com seus galhos por todos os lados. E a árvore continua crescendo em todas as direções. Na copa da árvore o ser poderá expandir infinitamente suas capacidades, abarcando mais e mais conhecimentos e informações sobre a árvore. A felicidade nesse nível é indizível.
Então o ser que chegou à copa frondosa, resolve descer e ajudar aos outros que estão nos labirintos da raiz. E isso provoca mais crescimento e evolução para ele. Quando o ser chega neste ponto ele não precisa mais descer e subir pelo tronco. Ele navega por dentro da árvore e emerge em que ponto quiser. Toda a árvore está disponível para sua evolução. Ele fundiu-se com a árvore. Entra e sai dela à vontade. Sabe e sente que ele e a árvore são uma única consciência.

2 comentários:

Carlos Rossette disse...

Vamos subindo pelo tronco da árvore da Vida com a escada da Ressonância Harmônica, até sermos autosuficientes e saltarmos quanticamente por toda a árvore, ajudando os irmãos em humanidade a subirem para a copa também!

Anônimo disse...

"Somos Todos Um". Ao subir e descobrir quão lindo e indescritível e a sensação queremos que os outros irmãos compartilhem desta dádiva do Criador. Ivani

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores