sexta-feira, 13 de julho de 2012

Auto sabotagem VI


Autosabotagem VI

Um parente de um cliente jovem que abandonou a RH disse:
- Ele não quer fazer porque você disse que ele tem de perdoar fulano.

Quando se pede que a pessoa leia sobre a RH antes de vir, é para evitar essas situações. Se a pessoa entender que existe o átomo, que ele é a base de tudo que existe, que todo átomo tem um campo eletromagnético, que nós somos energia (massa = energia), que emitimos energia polarizada pelos nossos pensamentos e sentimentos, que tudo que emitimos atrai energias semelhantes de volta para nós, saberia que esse sentimento de ódio em relação ao fulano só está criando mais ódio e aumentando o problema, que já esta demorando demais para ser resolvido e que esta causando graves problemas para todos.
O conhecimento desta elementar verdade sobre o funcionamento do universo é fundamental para a felicidade de qualquer pessoa e sua prosperidade em todos os sentidos.
Tempos atrás conversando com uma balconista num shopping, perguntei se ela sabia o que era um átomo. Disse que não sabia o que era isso. Essa resposta leva inevitavelmente a questionar nosso sistema educacional. O que está sendo ensinado nas escolas? De que serve uma educação que não ensina o básico e o elementar sobre a realidade física do universo? Será que os professores sabem isto? Será que eles sabem a importância que tem se saber que o átomo é a chave para o sucesso em tudo que se faça? Como essa pessoa pode esperar resolver seus problemas sem saber a causa dos problemas? É por isso que as pessoas vivem em silencioso desespero como disse Thoreau. Desespero porque não tem a menor idéia do porque estão aqui, de onde vieram e para onde vão. E não sabem como agir para conseguirem o mínimo para sua existência biológica (comer, beber, morar...). Não entendem a regras que dominam sua vida biológica, econômica, social, etc.. E silencioso porque sabem que qualquer insubordinação ou revolta tem sérias conseqüências para sua vida biológica (pode ser preso, torturado, morto, etc.).
Então se submetem silenciosamente e fogem na comida, nas compras, nas diversões, nos esportes, etc., de maneira frenética e compulsiva. Trabalha-se o mínimo possível, porque ouviram dizer que o trabalho é uma maldição ou um mal necessário. Nunca pensaram que pode ser uma realização pessoal ou um desenvolvimento pessoal. É claro que pensam assim! Não sabem por que estão aqui, nem o que estão fazendo aqui e nem para onde estão indo! Não acreditam em nada! Ou acham que a morte termina em nada. Simplesmente desaparecem para sempre. Acham que tudo acaba com a morte biológica. Um animal conscientemente não tem esse tipo de elucubração. Um humano quando pensa tem de achar uma lógica na vida e o mais fácil é achar que tudo acaba e pronto. E já que está aqui o melhor é evitar todo o esforço de melhorar. Pensam: pra que adiar as recompensas? Pra que trabalhar e poupar para o futuro? Melhor gastar tudo agora, pois vai acabar tudo mesmo!
Qual a diferença da educação que essa pessoa recebeu em relação à educação da Idade Média? Praticamente nenhuma. Tanto naquela época como agora a educação é para ser uma pessoa funcional. Se conseguir executar uma função qualquer no trabalho está ótimo. Quanto menos pensar melhor. E se não conseguem ser funcionais em algo então ficarão no gueto, fugindo no álcool, drogas e etc. A extrema carência que existe hoje em dia de mão-de-obra qualificada mostra a falência da educação. Em todos os setores não se encontram profissionais qualificados para as necessidades de uma civilização tecnológica como a nossa. Encontrar alguém que faça um bom trabalho é uma raridade. Alguém que faça direito na primeira vez, que faça com prazer e esmero, que goste do que faz e que procure melhorar dia a dia. Toda pessoa que precisa contratar alguém para um trabalho está tendo o mesmo problema. E isso em todas as áreas: desde uma empregada doméstica até um alto executivo. Uma escassez total de qualidade. Tudo demora dias ou meses para ser feito ou resolvido. E tem de ser refeito.
Quando a população da Terra era de algumas centenas de milhões essa situação podia ser “empurrada com a barriga”, mas agora com mais de 7 bilhões isso mudou. É uma carga insuportável de incompetência. São pouquíssimos para carregar nas costas a maioria. Isso é impossível de continuar por muito tempo. A crise que alguns já começam a sentir é a evidência disto. Como esta humanidade com tal despreparo mental/emocional/intelectual/espiritual irá enfrentar uma crise de tal magnitude?



Um comentário:

WJF disse...

Nós estamos loucos! Caímos na mais densa escuridão da ignorância. E pelo jeito gostamos de ficar assim, pois já acenderam a luz, já nos tiraram os grilhões, porém ainda não sentimos nada, não vimos nada e não queremos a liberdade. A Fonte tem mais vontade de nos dar do que nós temos vontade de receber, por isso somente com o amor infinito (RH) termos uma chance, mas queremos sair da escuridão? Incrivelmente esse paciente relatado aqui não quis...

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores