terça-feira, 15 de maio de 2012

A Verdade e a Liberdade do Lírio


DVD de Palestra - para adquirir: heliocoutoquantum@gmail.com

A Verdade e a Liberdade do Lírio

Quem assistiu à palestra sobre a violência contra a mulher soube das crueldades inomináveis que se faz neste planeta contra as mulheres. Eu sei o preço que terei de pagar por mexer neste assunto. Alguém teria de fazer esse trabalho. Quando se lê os comentários que colocam na rede sobre esse assunto, tem algo assim: “o que se pode fazer a respeito disto?”. E fica por ai. É colocado de uma maneira que não há o que fazer para parar isso. E a vida continua. E mais 4 meninas são mutiladas por minuto. E tudo continua na mesma. Como se isso não existisse.
Quando se denunciou essas atrocidades publicamente a um tempo atrás, esperava-se uma reação do público. Que as pessoas se indignassem e exigissem que os governos fizessem alguma coisa. Uma intervenção ou algo assim. Que o clamor popular mudasse essa situação. Depois de 3 meses não houve mais reação. Tudo caiu na normalidade. A sensibilidade para esses problemas está desaparecendo da humanidade. A crueldade está sendo banalizada. As pessoas dizem que é assim mesmo. Que é cultural. Isto significa que nossos vizinhos podem cometer as maiores crueldades dentro da casa dele e que ninguém deve interferir? Então como fica o caso da Croácia, da Bósnia, etc.? Porque nestes casos é licito interferir e em outros não? Qual é a medida disto? Qual é o critério?
Porque na Líbia é licito e na Síria não? É tudo política? São outros interesses que não os humanitários?
Quando se tem contato no astral com as vitimas da mutilação é que se tem noção exata do tamanho da desumanidade que se comete. Quando se vê o trauma das crianças de 3 anos de idade, que não sabem o que está acontecendo e vêem sua própria mãe segura-la para ser mutilada, é que se tem noção real do demoníaco que é este ato. Como classificar quem idealizou isso?
E o que fazer? Ficar quieto? Virar o rosto para o outro lado? Estou esperando pelo resultado da palestra. Quem se habilita para ajudar a acabar com isso? Hoje no mundo temos 7 bilhões de pessoas. Quem se habilitou a lutar contra isso? Conta-se nos dedos de uma mão! Na guerra do Vietnã morreram quantas pessoas? Só de mulheres vivas mutiladas temos hoje 140 milhões. E isso não causa nenhum escândalo. Nenhum movimento para acabar com isso. As baleias devem ser salvas, mas e estas crianças?
E a Ressonância? A Mandala mexe numa coisa desagradável, mas a RH é uma ferramenta para criar prosperidade e crescimento. Uma ferramenta extremamente poderosa para expandir a consciência de quem deseja seu crescimento. Qual a reação? A mesma coisa. Ignora-se. Portanto, não importa se é para ajudar outros ou para se ajudar, a reação é a mesma. A manutenção do Status Quo. Não se deve mudar nada no planeta. Tudo deve ficar do jeito que está. A zona de conforto é o mais importante. Toda pessoa que quer melhorar a vida neste planeta é indesejada e rejeitada. Essa é a pura verdade até agora. Inovações só se não for afetar nenhum interesse já estabelecido. Caso contrário, todos os acordos e contratos devem ser anulados, como fizeram com Nikola Tesla. Esse é o planeta Terra.


Um comentário:

Antonio Carlos Barsumian disse...

"As baleias devem ser salvas, mas e estas crianças?"

Isso calou fundo na alma ...

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores