quarta-feira, 7 de março de 2012

Planeta Finanças


Planeta Finanças

No filme “Margin Call”, temos muitas coisas instrutivas sobre o mundo.
Dois analistas conversam no carro sobre a situação da empresa e o que eles farão naquele último dia.
O mais jovem começa dizendo que o que farão afetará as pessoas.
O chefe diz que afetará pessoas como ele.
O jovem diz que afetará as pessoas de verdade.
O chefe diz que se ele vai fazer o que fará naquele dia tem de acreditar.
O chefe diz que se as pessoas querem viver nas condições que não podem pagar é porque o jovem é necessário. Diz que se as pessoas continuam vivendo como reis é porque o jovem é quem põe a mão na massa por eles. O chefe diz que se ele tirar a mão o mundo inteiro tem de se ajustar rapidamente e que ninguém quer isso. Querem o que eles têm para dar. Mas, o povo quer passar por inocente e fingir que não sabem de onde tudo veio. É hipocrisia demais.
No final do filme um analista sênior vai conversar com o empresário responsável pelo que vai acontecer. O analista diz que não sabe como estragaram tudo deste jeito. O empresário diz que é só dinheiro. Que é uma invenção. E que hoje é como sempre foi. Faz uma lista de todos os anos em que houve crise com “bolhas”. Diz que não pode evitar; que é sempre a mesma coisa. E que eles não podem controlar, acelerar ou impedir. Só reagem. Que os percentuais de ganhadores e perdedores continua igual.
Um filme que todos devem assistir.
No primeiro diálogo temos o que acontece quando há uma “bolha” crescendo. Todo mundo faz de conta que é crescimento. Como o “subprime” recente. Fazem-se hipotecas para quem não pode pagar. Os imóveis são vendidos com dados falsos sobre os rendimentos do comprador. Assim como os carros também. Isso aos milhões. E o povo faz que não vê o que acontece. Dizem que é crescimento. Quando a “bolha” explode a culpa é dos outros.
No segundo diálogo o empresário diz que a natureza humana é assim mesmo. Que as “bolhas” continuarão e que eles fazem aquilo por dinheiro. Que não há o que mudar. É a natureza. E milhões perdem seus empregos e poupanças.
Na Espanha temos mais de 5 milhões de desempregados. 22% da população ativa.
Esta semana o Banco Central Europeu anunciou, que os depósitos dos bancos no Banco Central era de mais de 800 bilhões de euros. Um Record. E a economia real míngua sem crédito. O país afunda lentamente. Pessoas de classe média pegam comida no lixo.
E as pessoas fazem de conta que tudo isso não existe. Que as crises são naturais. Não querem pensar que as crises são criadas. São forjadas.
É por estas atitudes que a humanidade está onde está.
E o mais trágico é que não precisa ser assim. Você gerente pode vender para quem pode pagar. Não precisa criar uma “bolha”. É possível vender e crescer sem prejudicar os demais. Mas, para isso é preciso competência, conhecimento, estudo, informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores