quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sexo e Dinheiro


Sexo e Dinheiro

Imaginemos a seguinte situação:
Um homem conhece uma mulher que mora na favela. Passa então a morar com ela num barraco. Resolve se casar com ela e sair daquela situação. Estuda e trabalha sem parar. Progride rapidamente. Saem da favela, compram um apartamento e carro. Ele continua progredindo. Faz várias faculdades, trabalha e leciona na faculdade. Compram outro apartamento.
Qual a motivação deste homem? Ganhar dinheiro ou sair da situação de não ter nada?
Alguns anos depois se separam. Ela fica com tudo e ele com nada. O acordo é feito de comum acordo. Ele está novamente na situação de não ter nada. Ficou com o apartamento que ainda deve pagar e sem carro. Ela ficou com o apartamento já praticamente pago.
Qual era a motivação? Ganhar dinheiro? Ledo engano. Isso é o que ele pensava. A racionalização que fazia. No fundo era escapar de não ter nada. Qual sentimento profundo emanava para o Universo? Quero escapar da miséria.
O que atraímos? Exatamente aquilo que sentimos. O sentimento mais profundo. Somos um campo eletromagnético. Ele perdeu tudo e começa de novo. O que ele teria de sentir? Quero ganhar dinheiro pela realização pessoal e pelos recursos que posso ter para meu crescimento pessoal e de minha família. Isso é uma atitude positiva. Um foco positivo. Fugir da pobreza é por o foco no negativo. E atraímos exatamente onde pomos o nosso foco de atenção. Aconteceu exatamente o que ele desejava no seu mais intimo pensamento.

Para enxergar isso é preciso sair do paradigma materialista/reducionista/newtoniano. É preciso pensar em termos de mecânica quântica. Pelo eletromagnetismo e não pela gravidade. Isso exige um grande salto de consciência.

Sexo e dinheiro estão intimamente associados. Tudo que diz respeito a sexo é tabu neste planeta. Se um casal não forma campo Yin/Yang o dinheiro não flui. Se uma pessoa não tem um forte campo Yin/Yang o dinheiro não flui.
É preciso considerar se um deles é Yin fraco ou forte. Ou Yang forte ou fraco. Uma composição Yin fraco com Yin fraco também é um problema para ganhar dinheiro. Dois Yang fortes gera competição. Se o lado Yin tiver uma parte em si mesma Yang forte e o lado Yang tiver em si mesmo um Yang fraco, também dará problemas. O ideal é um Yin forte e um Yang Forte. Isso não é fácil de encontrar. Essa é uma das razões da prosperidade ser rara entre os humanos. A maioria os casais não forma essa dupla Yin/Yang fortes.
Esse campo formado é que atrai o dinheiro e a prosperidade. O dinheiro e o Amor/Sexo estão muito mais intimamente unidos do que se pensa. E essa é uma estratégia de manipulação extremamente eficiente. Mantendo a humanidade sem consciência desta realidade é fácil manter o planeta na pobreza e na carência. Basta colocar a culpa de tudo no sexo. Criar todo tipo de tabu e preconceito.  Essa estratégia realmente foi “genial”. Com uma perfeição diabólica. E os humanos caíram nela como patinhos.

2 comentários:

7Chao disse...

Fantástico e agora fiquei na dúvida sobre onde estava meu foco antes deste post. Obrigado Helio.

Ana Cristina disse...

Interessante a analogia do dinheiro-sexo com o ying e yang. Abre mais o campo de reflexão até para o que se aprende na religião ocidental, com as crenças sobre votos de celibato e pobreza e a distância que existiu durante anos até se revelar as interessantes filosofias orientais sobre o yon e yang e de como até então elas já se comunicavam com a própria física quântica.
Um longo caminho para quebrar esse paradigma da pobreza...mas é um pensamento libertador....abre novas portas de oportunidades de pensamento e ação.

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores