domingo, 5 de fevereiro de 2012

Hipnose


Hipnose

Um cliente telefonou para um médico perguntando o que ele achava do trabalho do Hélio.
O médico disse que deve ser hipnose! É brincadeira!!!???
Será que ele já ouviu falar do físico, John Archibald Wheeler, que propôs que a realidade possa ser literalmente constituída por informações?
Será que ele já leu “O Campo”, “Mentes Interligadas”, “O Universo Autoconsciente”...?
Será que já ouviu falar da discussão entre Stephen Hawking e Roger Penrose, sobre a sobrevivência da informação que cai no Buraco Negro? E que um artigo da Scientific American, recentemente afirmou que a Informação continua a existir?
Quando se fala que para entender a Ressonância é preciso dar um salto de paradigma é a mais pura verdade.
Uma pessoa de formação superior em exatas lendo as primeiras 10 páginas do livro “O Campo”, disse que o átomo é muito abstrato!
Será que sua televisão, rádio, GPS, computador, etc., são abstratos?
Allan Kardec disse inúmeras vezes aos seus detratores: vocês fizeram a mesma pesquisa que eu? As mesmas experiências? Somente uma pessoa que repetiu o processo tem capacidade para fazer uma avaliação técnica do assunto.
O trabalho do Hélio está tão acima do paradigma vigente, que qualquer coisa será dita sobre ele. Como não entendem o que ele faz, farão qualquer avaliação dentro do que conhecem. Chama-se projeção.
Imaginem uma caixa com uma poderosa bomba nas mãos de indígenas sem conhecimento da civilização moderna. Como eles usariam tal caixa na guerra contra uma tribo vizinha? Bateriam na cabeça dos outros com a caixa? É provável. Como explicar para eles a química da bomba, o detonador, os explosivos concêntricos?
Algum tempo atrás um grupo de antropólogos mandou uma caixa com botas (calçado) para uma tribo que não sabia o que era um sapato. Sabe o que aconteceu? Eles comeram (alimentaram-se) com as botas! Outra tribo recebeu um machado para poderem cortar as árvores com mais eficiência. Um mês depois os antropólogos voltaram na tribo e escutaram que aquilo não servia para nada. O que aconteceu? Eles batiam na árvore com o ângulo errado e não conseguiam resultados.
Alguns dias atrás o Hélio publicou neste blog uma descrição da Ressonância feita pelo imperador romano Caio Julio César. É uma excelente descrição do processo.
Sugerimos a leitura dos trabalhos e livros de Stuart Hameroff, sobre micro-túbulos para entenderem como a informação penetra no cérebro.
O Hélio já descreveu como o ego faz para impedir que a informação entre perfeitamente. Uma corrente contrária de energia (informação) vem em sentido contrário pelos micro-túbulos e impede a passagem da informação que está entrando. É por isso que o processo demora em atuar da maneira que as pessoas pedem. Elas estão impedindo o processo com o próprio ego.
Uma cliente bancária disse o seguinte sobre o trabalho do Hélio: já fiz várias funções no banco e em todas elas desempenhei como se sempre fizera aquilo. Caixa, FGTS, PIS, Conformidade, etc. Ela pede o manual do FGTS e ele é transferido para a mente dela. Ela disse que é tão sutil o processo que a pessoa pensa que é dela mesma o conhecimento. É preciso ter auto-análise para sentir isso.
Um empresário do setor de serviços veio em novembro passado para a consulta. Sua empresa sempre estava com problemas financeiros. Uma luta contínua com os bancos para estabilizar a situação, problemas com funcionários, etc. Esta semana ele retornou.
Todos os problemas resolvidos. Faturamento de 400 mil por mês, seu serviço agora é pago com antecedência de meses para que os clientes não fiquem sem seus serviços, nos bancos tem a mais alta cotação que uma empresa nacional pode ter, crédito a seu dispor ilimitado, os gerentes querem saber qual é o segredo dele para ter mudado tanto. Já esteve na Itália e agora vai para a Alemanha conhecer o novo serviço para o qual foi contratado para implantar no Brasil, etc.
A Ressonância funciona ou não? São centenas e centenas de casos assim. Todo dia, ano após ano.
Neste mesmo blog tem um post com uma parte das pesquisas que o Hélio fez. Para entender o processo é preciso estudar. Caso contrário se perguntará a outros, o que acham do trabalho. E o que outro leigo pode falar do trabalho?
Se for para perguntar para um médico o que acha do trabalho, sugiro que perguntem à Dra. Mabel Cristina Dias. Se tiverem dúvidas sobre sua competência profissional, peça seu currículo, para verem o quanto ela teve de se preparar para trabalhar com a Ressonância.
Um abraço a todos.
                                                  O Observador



Sugiro a leitura do livro dos 3 volumes de:

TOWARD A SCIENCE OF CONSCIOUSNESS

THE FIRST TUCSON DISCUSSIONS AND DEBATES 

Editora: MIT PRESS
Transferência de Consciência

Considerando:

A integração entre ciência e espiritualidade feita por Francisco Di Biase e Mário Sérgio F. da Rocha, feita em “Ciência, Espiritualidade e Cura”.
Que o fisico, John Archibald Wheeler, criou a expressão: “It from bit”, para descrever como é o universo, composto por bits de informação e não por matéria e energia (Dean Radin, “Mentes Interligadas”).
Que a coerência quântica emerge nos microtúbulos neurais (Hameroff e Penrose).
Que Jantsch descreveu a holoarquia auto-organizadora.
Que Chalmers afirmou que a informação é uma propriedade fundamental.
Que Leon Brillouin demonstrou a equivalência entre informação e neguentropia.
Que Atlan desenvolveu a Teoria Auto-organizadora.
Que Ylia Prigogine, Nobel,  desenvolveu a Teoria das Estruturas Dissipativas, que geram ordem através do caos.
Que Seager desenvolveu a correlação semanticamente significativa.
Que a Lei de Conservação de informação é tão fundamental como a lei da conservação da energia.
Que Stonier sustenta que a informação é o principio organizacional cósmico.
Que Grof disse que “a consciência é um fato primordial da existência e dela emerge tudo que existe” (Capra).
Que David Bohn desenvolveu a teoria do holomovimento.
Que De Broglie “propôs um novo tipo de campo, cuja atividade é dependente do conteúdo da informação” (Di Biase).
Que o potencial quântico de Bohn conduz “informação ativa” e não decai com a distância.
Que a não-localidade permite uma velocidade maior que a da luz.
Que Alain Aspect provou a não-localidade.
Que a descrição de Laszlo  em “Ciência e o campo akashico”.
Que Pribram descreveu a teoria holonômica de funcionamento cerebral e sua “equação de onda neural”.
Que Sheldrake desenvolveu a teoria dos campos morfogenéticos e ressonância mórfica.
Que Froehlisch escreveu “Long-range coherence and energy storage in biological systems”.
O que descreve a Teoria do Caos.
A teoria do campo unificado de Gurwitsch.
O descrito em “Electromagnetic Fields and Life”, A. Presman.
O modelo fractal.
Os experimentos de Fritz Albert Popp com biofótons e DNA.
As pesquisas de Georges Lakowsky.
Os experimentos de entrelaçamento entre sujeito/sujeito descritos por Erwin Laszlo em “La ciência y El campo akásico”.
As experiências de Jacques Benveniste.
As experiências de visão remota de Hal Puthoff e Russell Targ.
As experiências de Cleve Backster.
Etc.
Minhas experiências com transferência de informação entre humanos e humanos, animais e humanos, vegetais e humanos, arquétipos e humanos, cursos/livros/etc. e humanos, sujeito/sujeito em dimensões diferentes, sujeito/sujeito em tempos diferentes, personagens literários/cinema/etc. e humanos, etc.
Outras experiências feitas por mim e que revelarei no devido tempo.
Permitiram  que eu chegasse à conclusão de que as infinitas possibilidades são a mais pura verdade.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá...

O fato é que falar sem pesquisar, sem se aprofundar nos temas abordados, ler os livros indicados, assitir as palestras, fazer o Curso de Mecânica Quântica, fazer o acompahamento com a Ressonância e sentir as mudanças e ficar no paradigma antigo criticando, na zona de conforto é simples.....o difícil e se empenhar e estar a frente, se dedicar, aprofundar, perguntar, colocar o "tico e teco" para funcionar e como recompensa viver de forma mais simples, harmônica, contribuir para o crescimento do outro (que é extensão de você - Somos Todos Um...ao melhorar uma pessoa por ressonância vários vibram na mesma frequência) e ao pensar sem ter freios, Criar a Própria Realidade...Façam um teste e confiem nas maravilhas do Universo e desta ferramenta que não é desta Dimensão... Abraço. Ivani

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores