quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Criança


Criança

Uma criança diz pra mãe:
- Não estou me sentindo bem, me dá um remédio.
- Precisamos ver o que é.
- Qualquer remédio serve, eu só preciso acreditar que funciona.

Essas são as crianças Índigo que chegaram e estão chegando ao nosso planeta. Não confundir com as crianças disfuncionais que acabaram de sair do Umbral.
Essas crianças Índigo modificarão o planeta rapidamente se os adultos deixarem; senão levará muito mais tempo. Como os adultos podem impedir a ação delas? Continuando na zona de conforto, sabotando o que as crianças fizerem, coibindo a curiosidade, destruindo a integridade, impedindo que trabalhem e estudem, promovendo a violência, a guerra, a alienação, a mediocridade, torturando, etc. Os adultos estão fazendo isso com perfeição a milhares de anos neste planeta.
Vejam a resposta do menino. O que cura é a crença. Qualquer coisa serve desde que ele acredite. O universo é puramente consciência, pura mente. Tudo é consciência, portanto a consciência gere a matéria, a biologia, etc.
É praticamente a mesma coisa que Joel Goldsmith fazia. A doença não existe ou eu só preciso acreditar que funciona. Joel acreditava na saúde, portanto a saúde existia. O menino acredita que qualquer coisa cura e, portanto cura. Falta só um passo para o menino entender isso. Precisa de um adulto explicar isso para ele. É um conceito metafísico avançado e o menino é uma criança. É nisso que os adultos ajudariam. Explicando Joel Goldsmith para essa criança e para todas as crianças do planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores