Pesquisar este blog

Carregando...

Páginas

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Amor e Rejeição


Amor e Rejeição

Esta é a dor mais profunda que o ego pode sentir. Quando isto acontece e inevitavelmente um dia acontece, o sentimento de perda é brutal. O mundo se abre a nossos pés e nada mais importa ou tem valor na vida. Todas as nossas esperanças de amar e ser amado se desvanecem. Uma profunda depressão é o resultado do sentimento de perda se isso não for contido a tempo.  Os olhos perdem o brilho e o mundo torna-se cinzento.
Esse processo pode levar anos para se desfazer e isso pode destruir totalmente a vida da pessoa. Torna-se amargo e ressentido. A um passo do desespero e de atos impensados. Quantos suicídios vêem daí?
A rejeição nos atinge desta forma porque achamos que não temos nenhum valor. Não passa pela nossa cabeça que isso não é um problema nosso; é um problema do outro. Quem está rejeitando é o outro.
Quando se tem o conhecimento e o controle da nossa própria produção de neurotransmissores e hormônios este sentimento de rejeição pode ser resolvido em questão de horas ou dias no máximo. Todo sentimento tem uma base bioquímica. É uma via de mão dupla. É possível criar e descriar. Então podemos tratar a situação de forma racional.
O que devemos fazer numa situação assim?
O senso comum nos diz para rejeitar também e talvez até odiar a outra pessoa. É um contra-ataque lógico.
Neste caso a lógica não funciona.
O que devemos fazer é continuar amando, emanando amor como sempre fizemos.
Não importa o que o outro faz devemos continuar amando sempre. E não é um amor impessoal. É com o mesmo amor que sentíamos. Na verdade não deve haver nenhuma interrupção deste sentimento. Independentemente do que o outro faça. O amor não deve cessar nunca. Desta forma a dor não se instala e continuaremos felizes.
Isto pode parecer utópico e impossível para quem lê apressadamente. Podem achar que isso não existe. Que é teoria e romantismo.
Não é.
Isso é absolutamente real e possível. Quando se atinge um nível de fusão com o Criador isso passa a ser o normal. Aliás, não poderia ser de outra forma. Quando nos tornamos amor só podemos amar. Não há como ser diferente. É uma felicidade contínua. Amamos independente das circunstâncias. Mesmo rejeitados continuamos amando o outro.
Continuaremos tratando bem, comunicando-nos, amando como sempre, embora não possamos expressar em sua totalidade o amor que sentimos. Porque esse é um problema criado pelo outro.
Esta é a única solução que existe. A única solução que funciona. A única atitude que podemos tomar para manter a nossa felicidade.
Continuar amando sem cessar, pois o amor é tudo na vida.


4 comentários:

Anônimo disse...

Amei. Alma.

Anônimo disse...

Muito obrigada, Amei. Alma.

Anônimo disse...

Muito esperançoso seu artigo. Vou tentar com minha avó que desde do desencarne do meu avô se acha um peso e se sente rejeitada. Briga com todos e está amarga. Ver certas atitudes em uma mulher que era tão alegre e festiva não só entristece mas a vezes assusta. Tomara que funcione!

Anônimo disse...

Lindo!!! AMO a Todos Incondicionalmente..Abraço. Ivani

Postar um comentário


Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

IMPORTANTE
Em virtude do grande número de pedidos por e-mail que estão na fila, está suspenso temporariamente o recebimento de novos pedidos (primeiro cd) por e-mail. Assim que todos os pedidos pendentes forem atendidos reiniciaremos o recebimento.
Os pedidos de quem já é cliente continuarão sendo atendidos. Apenas os pedidos do primeiro cd é que estão suspensos até que todos já pendentes sejam atendidos.
Solicitamos a compreensão de todos.
Obrigado
Hélio Couto
23/09/2013

Postagens populares